A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/04/2011 09:00

Justiça ouve hoje testemunhas sobre acidente de Rayssa Favaro

Aline dos Santos
Rayssa ficou com sequelas graves depois de acidente. (Foto: João Garrigó)Rayssa ficou com sequelas graves depois de acidente. (Foto: João Garrigó)

Quatro testemunhas serão ouvidas nesta segunda-feira sobre o processo de lesão corporal grave contra Marcelo Olendzki Broch pelo acidente que deixou sequelas graves na jovem Rayssa Favaro.

O acidente aconteceu no dia 21 de abril de 2009, em Campo Grande. Rayssa conduzia um Fiat Uno pela rua Bahia e Marcelo Broch um Honda Civic pela avenida Mato Grosso.

A colisão jogou os carros a 36 metros do ponto de impacto. A segunda audiência sobre o processo será realizada na 2ª Vara Criminal de Campo Grande, a partir das 13h30.

A primeira audiência foi realizada em janeiro. Na ocasião, foi pedido que o caso tramitasse em segredo. Mas a justiça indeferiu a solicitação da defesa.

Rayssa teve traumatismo craniano, ficou meses internada e com sequelas. Já Marcelo não teve ferimentos. Ela é filha do superintendente da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul, Válter Favaro.



Tudo indica que isso vai cair no esquecimento, quase 2 ano e até agora ninguém foi punido, e pelo andar da carruage vai ficar nessa chove não molha. Vamos denunciar no OEA, pois isso é briga de cachorro grande.
 
Felipe Salinas em 18/04/2011 02:48:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions