ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Capital

Ladrão que foi baleado depois de invadir conveniência fica paraplégico

O rapaz tem passagens pela polícia por furto, roubo e responde a vários processos pelo mesmo crime

Por Viviane Oliveira | 31/03/2021 11:23
Luva utilizada pelos socorristas do Samu durante socorro ao suspeito de invadir conveniência (Foto: Henrique Kawaminami) 
Luva utilizada pelos socorristas do Samu durante socorro ao suspeito de invadir conveniência (Foto: Henrique Kawaminami)

O jovem de 22 anos que foi baleado com tiro de pistola calibre 380 ao invadir uma conveniência na noite de ontem (30), no Bairro Amambaí, ficou paraplégico. O caso aconteceu no cruzamento da Rua 26 de Agosto com a Avenida Bandeirantes, em Campo Grande.

Atingido a tiros pelo dono da conveniência, o suspeito foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) à Santa Casa, onde deu entrada à meia-noite e vinte com ferimento na região torácico-lombar. O paciente, segundo a assessoria de imprensa da unidade, está com um ferimento medular grave, sem indicação de tratamento no momento. Ele realizou procedimento pela cirurgia geral devido uma lesão abdominal.

Segundo a Polícia, o rapaz tem passagens por furto e roubo. Ele responde a vários processos na Justiça e já esteve preso pelos mesmos crimes.  Em uma das vezes em que foi pego, em setembro do ano passado, o ladrão havia invadido a casa da filha de uma delegada aposentada, no Bairro Ipiranga. Na ocasião, o rapaz disse à polícia que era usuário de crack havia 8 anos e a intenção dele era vender os objetos furtados para comprar entorpecentes e sustentar o vício.

Conveniência - O dono da conveniência invadida ontem à noite disse que só atirou porque o suspeito reagiu avançando em sua mulher. “Dei dois tiros e um acertou”. Segundo o comerciante, que mora no fundo do estabelecimento, por volta da meia-noite estava em casa com a esposa, quando ouviu um barulho vindo do comércio dele. Ao verificar o que havia acontecido encontrou o ladrão com cigarros e bebidas.

Conforme a vítima, o suspeito ainda tentou avançar na sua mulher. Ele, então, reagiu e atirou duas vezes. O ladrão foi atingido na região do tórax. Na sequência, o comerciante acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e a Polícia Militar. Na mochila do rapaz foram encontrados mais de 20 maços de cigarros, garrafas de vodca e outras bebidas. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário