A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

31/10/2011 17:41

Mãe acusada pela morte da filha de três anos será interrogada dia 23

Nadyenka Castro

Renata Dutra de Oliveira responde pela morte de Rafaela, que tinha apenas três anos

Rafaela agonizou 12 horas antes de morrer, apontou laudo. Rafaela agonizou 12 horas antes de morrer, apontou laudo.

Renata Dutra de Oliveira, acusada de ser a responsável pela morte da filha, no dia 28 de fevereiro do ano passado, em Campo Grande, será interrogada no próximo dia 23.

A audiência, que já foi adiada duas vezes, está marcada para começar às 17h15min, e será na 1ª Vara do Tribunal do Júri.

Rafaela morreu aos três anos. Renata e o padrasto da menina, Handerson Cândido Ferreira, são suspeitos de espancar a menina.

Laudo necroscópico apontou que a criança agonizou por pelo menos 24 horas antes de morrer.

Além da lesão no cérebro, foram encontrados hematomas em várias partes do corpo.

A família morava na rua Bodoquena, no bairro Amambaí, em Campo Grande. O casal chegou a ser preso em março de 2010, mas está em liberdade desde maio do ano passado.

O MPE (Ministério Público Estadual) denunciou o casal por homicídio qualificado, por meio cruel e impossibilidade da defesa, com o agravante da vítima ser menor de 14 anos e filha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions