A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/04/2012 15:03

Mãe de homem que espancou filha diz que foi um momento de “explosão”

Elverson Cardozo

Avó pretende conseguir na justiça a guarda da criança, que já está em sua casa

Eu desconheci meu filho naquele momento, relata mãe do agressor. (Foto: Minamar Júnior)"Eu desconheci meu filho naquele momento", relata mãe do agressor. (Foto: Minamar Júnior)

A mãe do homem que foi filmado espancando a filha de 9 anos no bairro Mário Covas, nesta sexta-feira (13), acredita que o filho agiu em um momento de fúria, de “explosão”.

Enilza dos Santos, de 41 anos, afirmou que o filho sempre tentou proteger a menina e diz que o vídeo da agressão foi uma surpresa para todos.

“Quem trabalhou com ele e já conviveu com ele questiona porque ele teve uma explosão tão violenta”, relata. “É chocante. Eu desconheci meu filho naquele momento”, completa, se referindo ao registro gravado por uma testemunha.

A dona de casa critica a atitude do morador que registrou as agressões. “Se os vizinhos falam que isso era frequente porque esperaram todo esse tempo para mostrar”, indaga. A atitude mais sensata, avalia, seria procurar a avó.

Enilza também rebate as denúncias de que o filho agredia a menina com frequencia. A mulher conta que houve, sim, relato, por parte da criança, de que o pai teria batido nela.

“Foram duas vezes”, conta, acrescentando que, na ocasião, procurou por marcas no copo da neta. Questionada sobre as declarações de vizinhos que afirmam ter presenciado agressões e, por várias vezes, ter ouvido gritos e xingamentos, Enilza acredita que pode ser um mal entendido. “O meu filho, por si só, fala gritando”, argumenta.

Por conta da repercussão, a dona de casa acredita que o vídeo do flagrante será objeto de estudo no âmbito da psicologia e também na área do direito.

“Na minha cabeça já entrou e ninguém tira que o vídeo que fizeram do meu filho será objeto de estudo”, afirmou.

Desde sexta-feira, relata, não tem contato com o filho e nem sabe aonde ele foi depois que deixou a cela da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos).

Guarda–A Defensoria Pública entrou com pedido, na manhã desta quarta-feira, na justiça para conseguir que a guarda da menina fique com a avó paterna. “Ela é minha filha”, comenta, acrescentando que criou a menina, que já está na sua casa, até os 6 anos.

A garota estava casa quando a equipe esteve lá, mas o pedido foi de que não fossem feitas perguntas a ela. A avó disse que a menina está bem, mas não entende muito bem o que aconteceu.



Fico me perguntando? cade a mãe dessa criança ? as familias realmente estão cada vez mais famigeradas, falta amor, falta pais pensarem nos filhos antes de pensar em si,falta as pessoas cuidarem da familia e protege-las.Que filhos estamos criando para cuiadar do mundo? esse pai é um animal...pior animal não bate nos proprios filhos ele
é uma criatura, criado por outra criatura .
 
doroti pimenta em 19/04/2012 11:07:51
Eu vou dar um concelho, para Quem quiser ouvir palavras sabias a respeito da lei da palmada , procure ver a entrevista do promotor Sergio Harfouche neste episodio, caso contrario continue hipócrita com essa historia de diálogo na educaçao dos filhos, que com certesa nós nos encontraremos quando fordes visita-los na UNEI DOM BOSCO, caso eu demore um pouco a ser chamado para assumir outro concurso
 
Marco Antonio de Oliveira em 19/04/2012 11:02:31
É claro que essa mãe esteja em defendendo o filho,mas porque éla não defendeu a néta antes,tbm,será que o valentão bate tbm na sua mãe?..se a criança continuar com essa avó o pai vai sempre estar por perto,a mãe é dele, e qdo cair no esquecimento da midia,vai começar tudo de novo,coitada da menina,toda vez que ele "explodir"ela é que vai pagar o pato,Senhores da justiça acordem por favor.
 
lucianna Pereira Costa em 19/04/2012 10:51:01
Momento de explosão, porque não explodiu com alguém do mesmo tamanho, a mãe dele também é cumplice, como vai ficar com essa mulher, se o filho vai na casa da mãe ? Tem de investigar a mãe, a madastra e a avó da menina. Os Nardone também tiveram momento de explosão ! Gente vamos abrir a cabeça, atentem para as crianças pobres e indefesas, filho de rico todo mundo cuida.
 
joao Ferri em 19/04/2012 10:45:30
Não é a Lei que precisa mudar, são as pessoas! Agredir um ser Humano bem mais frágil que você é no mínimo cruel.
 
Carolina Souza em 19/04/2012 10:40:03
na minha opinião tem que acabar com essa de lei da eca-estatuto da criança,mas o que aconteceu foi uma crueldade por que surra não muda ninguém senão esses presos eram uns anjinhos de aureola e tudo,criança é criança tem que conversar e explicar sobre tudas as coisas certas e erradas,mas a maioria dos adolescentes esta mandando nos pais roubam estrupam e faz das piores coisas que nunca pensamos.
 
marcia midon em 19/04/2012 08:43:13
É muito triste...Coitada da menina, além de sofrer as agressões ainda tem que sofrer emocionalmente: a culpa, a separação,o medo, a insegurança e outros sentimentos que uma situação dessas causa a uma menina de 9 anos.
Precisa de acompanhamento para que seja verificada a sua adaptação onde quer que vá morar.
 
Maria Tereza Silveira de Oliveira em 19/04/2012 08:37:04
Sabe quem é o culpado de tudo isso?Os governos(Deputados e Senadores),que não muda essa lei,a nossa constituição tem que ser revisada, já esta ultrapassada, não existe lei, a lei é feita para pessoas do mal e quem sofre com tudo isso são as pessoas do bem será que esses politicos não vê, como um pai, quer dizer pra mim esse cara não é pai, faz isso com uma criança de manhã e a noite já esta solto.
 
Israel da Silva Junior em 18/04/2012 11:32:05
Os Nardone foi só um momento de explosão tambem? uma vida inocente se foi!! a avó logicamente vai proteger o filho!! investiguem ele e a madrasta!
 
daniela dias em 18/04/2012 11:23:49
vai continuar batendo na menina, pois não recebeu o que merecia vai achar que é valentão, momento de explosão com uma criança é fácil pq ele não teve esse momento com um homem.
 
Nilton carvalho de almeida em 18/04/2012 08:02:16
Será que é melhor esta criança ficar com a avó? Ela tem o DEVER de defender a neta mas não podemos esquecer que o agressor é filho dela. Avó não permitiu que fizessem nenhuma pergunta pra criança porque "ela não entendeu bem o que aconteceu", será?Acha que uma criança com 9 anos não entende? Então por que apanhou?? Talvez ela não entenda porquê um ima de geladeira gerou tamanha brutalidade...
 
Lourdes Oliveira em 18/04/2012 06:48:44
Teria que deixar ele preso e mostrar o vídeo para os outros presos e pedir para que os outros usassem somente chinelos para bater em sua cara. Covarde, me fez chorar seu desgraçado.
 
Luis Carlos São Gabriel em 18/04/2012 06:24:21
GENTE! JÁ PENSOU SE TODOS NÓS TIVESSEMOS UM DIA DE ''EXPLOSÃO'' MEU DEUS COITADOS DE NOSSOS FILHOS...É PRA ACABAR CLARO Q TÁ NA CARA Q A MÃE DO CARA VAI DEFENDER O FILHO, POR QUE Ñ DÃO A GUARDA PRA MÃE AFINAL ESSA MENINA TEM MÃE Ñ TEM POR QUE PAI ELA NUNCA TEVE OU PELO MENOS AXOU QUE TINHA DEPOIS DESSA ''EXPLOSÃO'' DE FÚRIA...PENA QUE O CARA Ñ EXPLODIU JUNTO NÉ....
 
PATRICIA FERREIRA em 18/04/2012 06:21:02
Como será que este filho vai visitar a mãe?Ele não pode se aproximar da filha... portanto não vai poder visitar a mãe. Será que foi um momento de explosão ou isso é uma atitude normal dele?? A mãe biológica disse que separou-se dele porque cansou de apanhar e ai então deixa a filha achando que seria diferente... e bem coisa de "madrasta" e não de mãe.
 
Lourdes Oliveira em 18/04/2012 06:18:29
Apenas repúdio por este homem que se diz "pai" e é lamentável o possível trajeto desta criança até tornar-se independente. Torço por dias melhores para a menina!
 
Júnior Kawakita em 18/04/2012 06:14:01
Ela é como tal tem todas defendem,mas apessoas são assim mesmo na é uma coisa por outra totalmente diferente são pessoas com dupla personalidade lamentável,a justiça tem que continuar acompanhando esse caso e essa convivência com a avó.
 
Maria Auxiadora da silva Lopes Sabino em 18/04/2012 06:13:43
Como que um cara que espanca a filha de apenas nove anos é solto?!
Certo que a mãe já tem sete filhos, mas será que a avó é capacitada para criar, PROTEGER e educar, a neta que o próprio filho espancou?
Não é apenas falar que a menina tem que ficar com a avó, ela tem que ficar onde é melhor para ela.
 
Keila Ajala em 18/04/2012 06:02:48
Se a vo diz que tinha a menina como filha e cuidava desde bebezinha,pq deixou aos cuidados do pai com a madrasta?ja que pegou que ficasse com ela,agora não adianta ficar defendo seu filho e criticando os vizinhos,e a menina não tem que ficar com a avó paterna não,arrume alguem que de amor e carinho pra ela,espero que ela fique bem longe desse pai e dessa madrasta.
 
rose brito em 18/04/2012 05:46:42
GENTE ESSA MÃE VAI DEFENDER O FILHO SEMPRE .... COM CERTEZA A AVÓ ESTA DIZENDO PRA NETA QUE A CULPA É DELA PELO PAI ESTAR PRESO.
....TIPO ASSIM ...-VIU SE VC NÃO TIVESSE ESTRAGADO A GELADEIRA, SEU PAI NÃO TINHA TE BATIDO...E NEM IDO PRA CADEIA.
...PODE TER CERTEZA EU ENTENDO MUITO BEM DISSO.
 
Luciana Nantes em 18/04/2012 05:26:08
essa mulher é estranha diz nuam saber que o filho fazia isso, mas sabe que ele tem queixa na justiça pr maus tratos??? ela ta tentando justificar.. o ato covarde e desumano desse canalha... porque ela entregou a menina pra ele..
 
fabiana mendes em 18/04/2012 05:10:26
E tbm nao deve fica com a mae biologica, a mulher tem 7 filhos, abandono a filha com o pai , quem é mae nao e´capaz de deixa seu filho nem q tivesse passando fome. Sou de Cg e Jardim nao eh longe, q mae e´esta q ta 7 anos sem ve a propria filha ? e cuidado com a avo paterna , esta defendendo o filho, coitada da menina tendo q sempre ve este bandido
 
kati dias em 18/04/2012 04:09:03
Esta criança não pode ficar com esta avó , viu o video e sabe que o filho sempre bateu na neta e mesmo assim o defende, justifica o injustificavel pra defender o filho , instintivamente ta protegendo sua cria. Ficando a guarda com a avó , ele sempre tera contato com esta menina, e ela precisa se afastar dele ate que cresca e possa se defender, ninguem sabe o q este homem é capaz de fazer por odio
 
kati dias em 18/04/2012 04:05:53
Quero ver explodir em alguem do tamanho e força dele, muita covardia.
 
silvia dos santos pereira em 18/04/2012 04:05:50
É lamentável a dor dessa mãe, porém, é mais lamentável a dor da criança. Portanto, não tem que ter "pena ou dó" desse pai, se todos os vizinhos que tivessem pais que tratam seus filhos dessa forma denunciassem, não teríamos tantas crianças sofrendo por bobeira. Afinal, espancar uma criança por causa de adesivo em geladeira é ridículo e não deveria ter direito ao "habeas corpus".
 
ESTELA ALGARVE em 18/04/2012 03:49:45
espero que ela não deixe ele pegar a menina de volta.
 
maria aparecida soares em 18/04/2012 03:44:02
Um momento de estupidez, pode mudar toda uma vida..."ainda bem" que ele apenas usou um chinélo para bater na menina, pois poderia ter estragado sua vida, como fizeram os "Nardone". Lamentável o fato!
 
Mari Monteiro em 18/04/2012 03:21:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions