ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, SÁBADO  04    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Mesmo contra a vontade, Samuel é internado para tratamento contra as drogas

Com a ajuda da Polícia Militar, funcionários do Serviço de Abordagem Social encaminharam o garoto ao Caps

Por Adriano Fernandes e Geisy Garnes | 18/02/2020 21:58
Samuel Pereira em 2016, pedindo dinheiro no cruzamento entre as avenidas Afonso Pena e Ernesto Geisel. (Foto: Arquivo)
Samuel Pereira em 2016, pedindo dinheiro no cruzamento entre as avenidas Afonso Pena e Ernesto Geisel. (Foto: Arquivo)

Com uma vida marcada pela dependência química, passagens pela polícia e noites ao relento no Centro da Capital, a trajetória de Samuel Pereira, de 23 anos, ganhou mais um episódio nesta terça-feira (18). O rapaz foi internado involuntariamente no Caps (Centro de Atenção Psicossocial), para tratamento da dependência em pasta base de cocaína.

Policiais militares do 1º Batalhão de Polícia Militar prestaram apoio a funcionários do Serviço de Abordagem Social, na internação compulsória de Samuel. Ele foi internado a pedido da Secretaria Municipal de Saúde.

Samuel vive em situação de rua na Capital desde os 12 anos de idade, possui uma extensa ficha criminal por consumo de drogas e outros delitos.

O Campo Grande News acompanha a história do garoto desde 2014. Na época, Samuel chegou a ir para a reabilitação, recebeu atendimento médico e entrou para uma igreja evangélica, mas acabou voltando para as ruas.

O cruzamento entre as avenidas Afonso Pena e Ernesto Geisel sempre foi o “ponto” onde ele pedia dinheiro para a sustentar o vício. Os calçadões da Rua Barão do Rio Branco eram a morada onde vivia sob o sol e chuva.