A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/07/2014 09:28

Morador desconfia do ritmo e põe recapeamento de avenida em xeque

Zana Zaidan
Recapeamento não foi concluído e alguns trechos estão em obras (Foto: Marcelo Calazans)Recapeamento não foi concluído e alguns trechos estão em obras (Foto: Marcelo Calazans)
Morador desconfia do ritmo e põe recapeamento de avenida em xeque

Iniciadas no dia 14 de abril, as obras de recapeamento da avenida Guaicurus, em Campo Grande, nem foram entregues e já são alvo de reclamações de moradores de bairros da região. Alguns reclamam da fragilidade do asfalto, enquanto outros citam os “remendos” e a ciclovia, cuja licitação está emperrada e a inauguração deve atrasar.

A secretaria de Obras prevê que as intervenções de drenagem, recapeamento, iluminação, sinalização e a própria pista para bicicletas da avenida estará pronta no dia 26 de agosto, aniversário da cidade.

Há seis meses proprietário de uma loja de ferramentas próxima ao cruzamento com a rua Grace Kelly, Reginaldo de Almeida, 39 anos, acredita que, diante da demora, a Guaicurus não terá ciclovia . “Se a avenida realmente sair nesse pacote de obras do aniversário, simplesmente não vai dar tempo de fazer um ciclovia. Ainda nem começaram”, aponta. Para ele, a pista exclusiva é a mudança mais importante anunciada na via.

 

Ciclista, Reginaldo está mais ansioso pela ciclovia do que pelo asfalto novo (Foto: Marcelo Calazans)Ciclista, Reginaldo está mais ansioso pela ciclovia do que pelo asfalto novo (Foto: Marcelo Calazans)
Para Edinaura, asfalto está fraco (Foto: Marcelo Calazans)Para Edinaura, asfalto está "fraco" (Foto: Marcelo Calazans)

“Antes de ter a loja, ia de bicicleta até o Centro. Aqui não tenho condições de fazer isso, é muito perigoso”, afirma ele, que é morador do Jardim Santa Felicidade.

Para a operadora de caixa Edinaura Santos, 28 anos, o asfalto começar aparenta ser “frágil”. “Fizeram muito rápido, e aparenta ser bem fraco, que na primeira chuvinha ou em pouco tempo já vai precisar de conserto”, opina. Ela, que é motociclista, acrescenta que a via deve ser “um tapete” para pôr fim aos constantes acidentes que acontecem no local. “Era uma buraqueira sem fim, muitos caíam, eu mesma já perdi muito pneu. Mas não adianta nada fazer mal feito para daqui pouco tempo voltar ao que era”.

Semy afirmou que ciclovia estará pronta para o aniversário da cidade (Foto: Marcelo Calazans)Semy afirmou que ciclovia estará pronta para o aniversário da cidade (Foto: Marcelo Calazans)

Obra da Guaicurus – O secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz, rebate as questões apontadas pelos moradores. Segundo ele, a etapa do reperfilamento, o “acabamento” do asfalto, não foi concluído em vários trechos, por isso, o asfalto pode apresentar o aspecto “esfarelado” descrito.

“Em uma obra de recapeamento, você corta o asfalto velho, troca, e faz o reperfilamento. Algumas pessoas se deparam com o obra no meio do caminho e pensam que o asfalto está esfarelando, mas é porque falta mais uma camada por cima. Alguns trechos, poucos, estão reperfilados; só que não estão ainda falta a capa, o que acabamento”, explica.

O secretário é taxativo, ainda, ao afirmar que será possível entregar os 8 quilômetros de ciclovia no dia 26. “O edital de licitação da empresa a ser contratada deve ser publicado no dia 21 ou 22. Assim, teremos 15 dias para homologar a vencedora e outros dez para terminar obra”.

A ciclovia, justifica, não contemplará toda a extensão da Guaicurus – que tem dez quilômetros – no trecho do mini anel rodoviário. “Optamos por não incluir no projeto porque seria um erro, inadequado e arriscado estimular o fluxo de bicicletas na rodovia”, finaliza.

As obras da Guaicurus vão custar R$ 10 milhões, e o trabalho dividido em três lotes. O primeiro vai da Avenida Gury Marques até o mini anel rodoviário, o segundo até o museu José Antônio Pereira e o último termina na rotatória do bairro Dom Antônio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions