A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

05/04/2011 12:59

Motocicleta com três ocupantes bate em carreta na Avenida Guaicurus

Paula Vitorino

Motocicleta foi parar embaixo de carreta. (Foto: João Garrigó)Motocicleta foi parar embaixo de carreta. (Foto: João Garrigó)

O condutor de uma motocicleta com três ocupantes provocou um acidente na Avenida Guaicurus, por volta das 11h50 desta manhã, em Campo Grande. O motociclista Alexandre Cotrim , de 24 anos, bateu na lateral de uma carreta, quando entrava no retorno da avenida, próximo ao Museu José Antônio Pereira.

Entre os passageiros da moto estava a afilhada de Alexandre, de 4 anos e Maria Heloisa Soares, de 33 anos.

Os dois veículos seguiam pela Guaicurus sentido-centro bairro, sendo que a moto estava atrás do caminhão na pista da esquerda. Ao chegar próximo do retorno, o motorista Ronaldo Marques, de 39 anos, deu seta que ia entrar no retorno e o motociclista não diminui a velocidade e bateu em sua lateral.

“Eu ia fazer a conversão e ele ia reto. Eu vi a moto, mas já era inevitável”, diz o motorista da carreta.

Após a colisão, a motocicleta foi para embaixo da carreta, mas os ocupantes caíram na via.

“Ele deu seta que ia virar, mas deu uma jogada para a direita e eu pensei que ele tinha desistido”, justifica o motociclista.

Os ocupantes da motocicleta não tiveram ferimentos grave e foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. O motorista do caminhão saiu ileso.

O acidente tumultuou o trânsito no local por cerca de meia-hora.

Infração - Questionado sobre transportar três pessoas na motocicleta, sendo um dos passageiros uma criança, Alexandre disse “Estava com a menina porque ia perto”.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é proibido transportar criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança. A Infração é gravíssima e o motociclista recebe multa e tem suspenso o direito de dirigir.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


O transito de campo grande esta horrivel as pessoa estão mto imprudentes principalmente os motociclista arriscam suas vidas.. sem medo algum esse ai tava certinho andando com três na moto.. ele tem que perder a CNH ... para não por mais em risco a vida de terceiros.. e essa mãe tbm que deixa uma criança de 4anos subir em uma moto..vamos respeitar... sou mãe e a vida do meu filho é prioridade para mim para sair com ele so confio no meu marido, que por sinal é o dono da carreta envolvida no acidente...agradeço aos comentarios e a Deus que todos sairam ilesos,faço enfermagem e me preocupo mto com o ser humano pois os bens materiais agente arruma mais a vida qdo perdemos essa é pra sempre...
 
cristiana aparecida jose em 06/04/2011 01:07:26
" em Campo Grande, isso é normal ONIBUS, CARRETA eles dão seta e entra, você é obrigado parar, a maioria não tem respeito com quem vem de carro ou moto....nas estradas de MS é pior, fora os buracos que contribui com tudo isso, cade os dinheiros de nossos impostos...."
 
Luis Marcelo em 05/04/2011 10:21:46
MAS SERÁ QUE O MOTOCICLISTA NÃO SABE QUE CAMINHAO PRECISA ABRIR PARA DAR ESPAÇO E FAZER A CONVERSÃO? EU TB PILOTO!!!
 
tatiane rezende vieira em 05/04/2011 04:55:09
“Ele deu seta que ia virar, mas deu uma jogada para a direita e eu pensei que ele tinha desistido”, justifica o motociclista.

Essa frase mostra como temos pessoas despreparadas para o trânsito, será que ele não sabe que uma carreta tem que ter espaço para fazer uma manobra.
 
Cleber Lanza em 05/04/2011 04:33:06
Acredito que só com a educação haverá alguma mudança, porém nós pais temos que ser os primeiros a dar exemplo e agir de forma correta no trânsito, mas não é o que acontece.
 
Barbara Ferreira Brites em 05/04/2011 04:31:29
tem muitas pessoas que não tem condições de pagar o preço elevado da nossa tarifa de ônibus,por isso acabam se arriscando com 3 em uma moto,é mais fácil você pagar em torno de R$2,80 no litro da gasolina e ir e vir uma distância de mais ou menos 30 quilômetros, do que pagar em torno de R$7,50 para 3 pessoas ir e depois não ter dinheiro para voltar de ônibus.Já passei esse tipo de dificuldade por isso não cabe a nós julgarmos.
 
SIMONE CRISTINA DA SILVA ABRAO em 05/04/2011 03:52:36
O motociclista está levando 2 passageiros, sendo um deles criança, e nem assim é cauteloso ao lidar com um caminhão dando seta.
Deveria perder a CNH, para sua própria segurança.



 
Flavio Barbosa em 05/04/2011 02:38:20
A coisa mais normal que se vê em Campo Grande:Motociclista sem CNH,com veiculo afundado em multas, motociclista que fura sinal vermelho,com crianças na garupa as vezes sem capacete e espremido entre adultos, motociclista batendo em caminhão, e pessoas ocupando carrocerias de caminhonetes.
E ai quando acontece um acidente, falamos de consciência de transito, e as vezes,tão somente as vezes, eu me pergunto se eu que estou errado ou a legislação mudou e não me avisaram.
Afinal o que precisamos?
De mais radares e lombada eletrônica, ou de guardas nas esquinas ou de fato educação no transito,mudança de cultura e começarmos de fato sermos também responsáveis pelas vidas que estão a nossa volta!
Pense nisso!
 
Roberto Cesar Portilho em 05/04/2011 02:17:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions