A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/11/2015 16:38

Mulher cai no golpe da casa própria, perde R$ 15 mil e sonho vira pesadelo

Da redação
Erick Gurgel é suspeito de aplicar golpes de venda de imóveis.(Foto:Reprodução de redes sociais).Erick Gurgel é suspeito de aplicar golpes de venda de imóveis.(Foto:Reprodução de redes sociais).

Aos 55 anos de idade, Maria José Santana, que trabalha com serviços gerais, viu o sonho de ter a casa própria ir água abaixo, literalmente. Ela foi vítima do "golpe da casa própria". A mulher encontrou em um anúncio da internet o apartamento localizado no Jardim Carioca. Para fechar negócio, ela teria que pagar R$ 15 mil e assumir o restante das prestações que seriam quitadas em nove anos.

A negociação aconteceu com Erick Gurgel. Ele e Maria passaram a conversar diariamente para trocar informações a respeito do imóvel. “Eu conversava com ele praticamente o dia inteiro pelo celular, estava muito empolgada porque finalmente realizaria o meu sonho, então passava o dia tirando dúvidas com ele”, contou.

Segundo Maria, tudo parecia ser feito de forma legal. Ela visitou o imóvel, assinou o contrato registrado em cartório. Após todo o processo, foram ao banco e ela fez o pagamento dos R$ 15 mil. Porém, na segunda-feira (9), quando ela faria a mudança, o acusado do golpe não respondeu mais as mensagens no celular e não atendia mais as ligações. Preocupada, a vítima procurou uma advogada e registrou o boletim de ocorrência na 7ª Delegacia de Policia Civil de Campo Grande.

Conforme a polícia na mesma semana, outra mulher registrou outro boletim de ocorrência, porque tinha sido vítima do mesmo golpe. No entanto, o valor nesse caso era de R$ 5 mil reais. O delegado Paulo Henrique Sá disse que a polícia está procurando o suspeito, mas ele não é considerado foragido. Erick foi indiciado pelo crime de estelionato e deve se apresentar, caso contrário o delegado vai pedir a prisão preventiva do acusado. 

Segundo a polícia, Erick Gurgel já tem passagens por roubo, tentativa de latrocínio e outros crimes.

“Olha eu fiquei sem chão, eu tenho muita fé em Deus, e meus amigos estão me mantendo de pé, foi um golpe muito duro, é a coisa mais triste do mundo, praticamente tirou minha vida, com essa idade, destruiu meu sonho, agora to sem chão, não sei nem o que fazer, eu já tive depressão eu procuro nem pensar, deixo nas mãos de Deus”, desabafou Maria.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions