ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Pai do compositor Airo morre em acidente na rodovia em Camapuã

Por Jorge Almoas | 13/01/2011 13:42

Nairo Barcellos, pai do compositor Airo Garcia Barcellos que morreu no dia 24 de dezembro, é a vítima fatal do acidente ocorrido nesta quinta-feira na BR-060, em Camapuã. Além dele, outras quatro pessoas ficaram feridas, sendo três em estado grave.

De acordo com informações do Hospital de Camapuã, Nairo Barcelo morreu no local do acidente, depois que o Fiat Uno em que estava com mais três pessoas bateu contra o Voyage.

No Voyage de placas HTI-8221 de Chapadão do Sul, viajava Antônio Dias Vaz, que teve ferimentos leves e está fora de perigo. Já no Fiat Uno, com placas KAK-0746 de Alcinopólis, estava Nairo, acompanhado de Maria Garcia, mãe do compositor Airo, e Agda Barcelos.

Junto com eles estava Cleidomar Furtado, advogado de Nairo. Todos os ocupantes do Uno estão sendo transferidos para Campo Grande.

No momento do acidente chovia forte e os veículos seguiam em sentido contrários. O Uno parou na cerca de uma pastagem, enquanto o Voyage atravessou a pista.

Airo Barcellos morreu aos 37 anos no dia 24 de dezembro por falência múltipla de órgãos. Entre as composições de Airo estão Toma Juízo, gravada por Bruno e Marrone, Ela Encasquetou, sucesso na voz da dupla Edson e Hudson, e Quem Mandou Largar de Mim, gravada pelo Grupo Tradição.

Informações preliminares dão conta que Nairo e a família estavam vindo para Campo Grande para tratar do inventário do compositor. Nairo era funcionário da prefeitura de Alcinópolis.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário