A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/03/2014 20:42

Pais que deixaram crianças em carro não responderão por crime de abandono

Alan Diógenes
Pai olhava crianças a dois metros e delegada afirma que não houve crime. (Foto:Marcos Ermínio)Pai olhava crianças a dois metros e delegada afirma que não houve crime. (Foto:Marcos Ermínio)

Os pais dos dois meninos, de 10 meses e 7 anos, deixados sozinhos dentro do carro na rua 14 de Julho, no centro da Capital, por volta das 15h desta sexta-feira (28), não responderão pelo crime de abandono de incapaz.

De acordo com a delegada titular da Depca (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), Regina Márcia Rodrigues, após o fato os pais prestaram esclarecimentos sobre como tudo aconteceu.

Eles disseram que estacionaram o carro em frente à loja Magazine Luiza, onde o pai desceu do carro e ficou na loja olhando os produtos, enquanto a mãe se dirigiu até a loja Maube, mas em nenhum momento as crianças ficaram sem observação.

Segundo o depoimento dos responsáveis, da onde estava o pai, a dois metros do veículo, ele observava as crianças. Quando começou a chover, o filho maior ligou no celular do pai que ergueu os vidros.

Cerca de minutos depois, o pai se assustou com a presença da equipe do Corpo de Bombeiros que abriu as portas e retirou as crianças. O tempo todo, o pai esteve junto com os militares acompanhando a situação.

Para a delegada Regina Márcia ficou constatado que não houve nenhum crime. Por isso, os pais não irão responder por abandono de incapaz.

Questionada se houve exagero por parte da população que viu as crianças no automóvel e ligou para os bombeiros, a delegada disse que esse cuidado mostrado pelas pessoas é bem vindo. “Como já foram registrados casos de morte de crianças esquecidas dentro de carro, à sociedade ficou mais atenta. Eu recomendo que em caso de dúvida, deve-se chamar o socorro”, finalizou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions