A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

04/04/2017 15:01

Pediatras ganharão até R$ 460 a mais por plantão em postos durante o dia

Para atrair profissionais para as escalas da manhã e da tarde, prefeitura vai pagar gratificação

Anahi Zurutuza
Recepção da UPA do Coronel Antonino lotada na manhã de domingo; pais buscavam atendimento para crianças (Foto: André Bittar/Arquivo)Recepção da UPA do Coronel Antonino lotada na manhã de domingo; pais buscavam atendimento para crianças (Foto: André Bittar/Arquivo)

Médicos pediatras que toparem fazer plantões durante o dia nas unidades básicas e postos 24 horas da rede municipal ganharão gratificação de até R$ 460. O decreto que estabelece os valores da bonificações foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande desta terça-feira (4).

Conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, esta foi a forma que o prefeito Marquinhos Trad (PSD) encontrou para atrair os profissionais para as escalas diurnas. O chefe do Executivo municipal se reuniu com a categoria e fechou acordo se comprometendo a pagar a gratificação.

Muitos deles têm consultórios particulares ou trabalham na rede privada e por isso, acabar optando pelos plantões noturnos. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) estava tendo dificuldade de fechar as escalas das manhãs e tardes.

Hoje, médicos recebem R$ 908 para 12 horas de plantão, R$ 454 por seis horas de trabalho no sistema de escala.

Conforme a publicação do Diogrande, os pediatras terão direito a uma gratificação de R$ 300,00 a cada seis horas de efetivo exercício da jornada de trabalho no período vespertino, inclusive aos finais de semana; R$ 160,00 a cada seis horas de trabalho no período matutino, incluindo os fins de semana; R$ 160,00 a cada plantão eventual realizado nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) no período vespertino e R$ 80,00 a cada plantão realizado nas UPAs durante a manhã.

Portanto, se o especialista fizer um plantão durante a tarde em uma UPA ganhará R$ 914 por seis horas de trabalho – R$ 460 a mais.

“A partir de agora teremos mais facilidade para atrair estes profissionais e garantir que a maioria das unidades ofereça atendimento adequado, principalmente durante a manhã e tarde, onde existe uma ausência crônica do pediatra”, comentou o secretário municipal de Saúde Marcelo Vilela, por meio da assessoria de imprensa.

Convocação – Na semana passada, a prefeitura convocou 176 profissionais da saúde, entre médicos, técnicos de enfermagem, farmacêuticos e assistentes de serviço de saúde aprovados em concurso público de provas e títulos de 2013.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions