ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  28    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Pente-fino na Máxima apreende 33 celulares, drogas e até um tablet

Por Viviane Oliveira | 14/12/2016 07:45
Objetos apreendido durante pente-fino na manhã de ontem (Foto: divulgação/Agepen)
Objetos apreendido durante pente-fino na manhã de ontem (Foto: divulgação/Agepen)

O pente-fino na penitenciária de Segurança Máxima Jair Ferreira de Carvalho apreendeu 33 celulares, 13 carregadores, um tablet, maconha e cocaína. A operação que contou com o apoio de 84 policiais do Batalhão de Choque ocorreu na manhã de ontem (13), dois dias depois de uma tentativa de fuga no presídio.

As vistorias duraram 4 horas e foram feitas nas celas do pavilhão II, ala A, com a participação de 28 agentes penitenciários. No total, foram apreendidos 33 celulares, 13 carregadores, um tablet, 1,100 kg de maconha e 200 gramas de cocaína, conforme o diretor de operação da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Reginaldo Francisco Régis.

Ainda segundo Regis, no pente-fino realizado na última sexta-feira (9), também na Máxima, foram apreendidos 17 celulares, 13 carregadores e dois fones de ouvido, além de 400 gramas de maconha e 200 gramas de cocaína. A operação foi realizada no pavilhão I, galeria B.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia, como a Máxima tem uma grande quantidade de presos, é necessário que em cada operação pontos diferentes dos prédios sejam vistoriados. Nas últimas semanas, várias ocorrências têm sido registradas na penitenciária como, por exemplo, tentativa de fuga de presos com medo de morrer e suicídios com suspeita de homicídio. 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário