A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/03/2011 16:56

PM acusado de dois assaltos foi reconhecido por dono por extorsão em boate

Viviane Oliveira

Ele usava calça e camiseta da corporação nos roubos

O Policial Militar acusado de praticar assaltos teve a prisão preventiva depois que foi reconhecido pelo gerente de uma casa noturna por extorsão em Campo Grande.

De acordo com a Polícia, o PM e mais um comparsa foram até uma boate na Avenida Marechal Deodoro onde se apresentou como policial e tentou tirar dinheiro da casa noturna alegando ter encontrado menores no local.

O PM chegou ao estabelecimento com o seu próprio carro e disse que tinha menor no local. Não encontrando nenhum menor sacou o revólver e anunciou o assalto. Enquanto o companheiro cuidava da porta ele levava o dinheiro da casa noturna.

O assalto foi em 2010 e o gerente do estabelecimento reconheceu o policial militar e o outro homem. Os dois ainda não tiveram os nomes divulgados.

O caso - O soldado da PM preso na última quarta-feira (23) e reconhecido como autor de dois assaltos, ocorridos nos dias 05 e 12 de março, em estabelecimentos comerciais.

Segundo a Polícia Civil, ele usava calça e camiseta da corporação nos roubos. Um oficial da PM fez a detenção, com base em mandado de prisão temporária. O soldado foi levado esta manhã à Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) pela Corregedoria da PM.

Quatro vítimas foram submetidas a reconhecimento e, duas delas, entraram em pânico ao ver o policial. Ele está sendo investigado em outros assaltos semelhantes.

Vídeos mostram soldado da PM fazendo assalto a supermercado
Câmaras de segurança dentro e fora de um supermercado de Campo Grande mostram roubo realizado por um soldado da Polícia Militar. Ele foi preso ontem ...
Policial militar é preso e reconhecido em dois assaltos
Soldado usava calça e camiseta da corporação nas açõesUm soldado da PM (Polícia Militar) foi preso e reconhecido como autor de dois assaltos, ocorri...


Por favor. Continuem a acreditar e confiar na Polícia MIlitar.
Não juguem a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, pelo descaminho desse soldado. Isto é um caso isolado no universo da caserna. Somos assistidos por excelentes profissionais da segurança pública, que, se necessário for, pelas qualidade que possuem e por amor a ao trabalho, são capazes até de dar a vida para defender os cidadãos no cumprimento do dever. Não sou Militar. Minha crítica vem por conhecer, conviver e acompanhar de longa data, o desejo que todos eles tem, do Comoandante ao Comandado, em nos proporcionar a paz jurídica, a paz social e a paz familiar.
Neste momento, uma sugestão é o melhor remédio.
 
CARLLOS FERNANDO em 30/03/2011 07:57:26
OLHA COM TODA A DIFICULDADE QUE PASSA OS NOSSOS POLICIAIS MILITARES E CIVÍS DO ESTADO,NÃO JUSTIFICA ESSE TIPO DE COMPORTAMENTO INADEQUADO PARA QUEM ESTA SENDO PAGO PRA NOS DAR SEGURANÇA,SABEMOS QUE A PEC ESTA ANDANDO LA POR BRASILIA,PENA QUE OS NOSSOS DEPUTADOS ELEITOS SÓ VOTAM O QUE É SÃO DOS SEUS INTERESSES ESCUSOS...TALVEZ MELHOR REMUNERADO ESTES QUE INSISTEM EM VIVER Á MARGEM DA LEI PENSASSEM DUAS VEZES EM DELINQUIR.
 
Evandro Dicaprio em 29/03/2011 09:54:56
Infelizmente temos os governos que merecemos, enquanto os eleitores não aprenderem a votar, vamos estar passando por esses tipos de situações, a justiça não tem culpas e sim os politicos que fazem as leis.
 
aparecido pereira em 29/03/2011 06:29:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions