A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/05/2013 18:00

Polícia conclui que solda causou fogo e responsabiliza operário por tragédia

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira
Fogo começou pelo telhado do Planeta Real e destruiu a loja. (Foto: Vanderlei Aparecido)Fogo começou pelo telhado do Planeta Real e destruiu a loja. (Foto: Vanderlei Aparecido)

A Polícia Civil concluiu que fagulhas da solda que era feita no telhado da loja Planeta Real causaram a destruição do local, nesta terça-feira. O operário, identificado como Cláudio Paulino, que fazia reparos, vai ser responsabilizado pelo crime de incêndio culposo – sem intenção.

As chamas começaram por volta das 15 horas. O aposentado Antônio Cunha Freire, 70 anos, estava na loja quando o pânico teve início. “Eu ouvi uma pessoa correndo desesperada no telhado e avisei minha esposa”, lembra.

De acordo com Antônio, após ouvir o corre-corre sobre sua cabeça, viu faíscas, chamas e as luzes do imóvel se apagando. Em seguida, funcionários já pediram para os clientes sair e também correram para fora da loja.

O imóvel ficou completamente destruído. O Centro Comercial Afonso Pena, vizinho à loja, teve uma parede danificada e foi interditado pelo Corpo de Bombeiros.

O incêndio evidenciou falhas na estrutura da corporação, levou pânico a quem estava na região e caos no trânsito. Houve saques em alguns comércios e vizinhos tiveram prejuízos.

O delegado Miguel Said, responsável pela investigação, afirma que o caso já está encerrado e agora vai para o Juizado de Pequenas Causas, porque o crime é de menor potencial ofensivo.

Conforme o delegado, uma emissora de televisão entrevistou o trabalhador e, na reportagem, ele afirma a solda, a fagulha, o desespero e tentativas de apagar o foco de incêndio.

O aposentado que contou o que vivenciou na loja, foi à Polícia Civil espontaneamente relatar o que testemunhou na loja.



continuação do comentário.....
- Existiu avaliação prévia de risco, realizada por um responsável pela empresa em conjunto com o trabalhador, antes do início das atividades?
- Qual era o regime de contratação deste trabalhador?

Esses questionamentos são báscos, se formos entrarmos mais a fundo na questão, precisarei escrever um "livro" aqui.

Temos, só para falar do básico, 35 Normas Regulamentadoras, que norteiam as ações de segurança e saúde no trabalho em nosso país, porém infelizmente quando se fala em FISCALIZAR, parece até piada!!!!!!
 
Celso Barbosa Martins Neto em 09/05/2013 11:22:28
Culpar o "profissional Soldador é muito fácil! Mas para isso, antes seria necessário responder as seguintes questões:

- O trabalhador era treinado e qualificado para essa atividade?
- Existia, à disposição do trabalhador equipamentos de proteção coletiva e indivídual específicos para os riscos da atividade?
- Existia procedimento definido?
- Existia no local, métodos de combate ao fogo em seu início?
- Existiam no local, pessoas treinadas (incusive o trabalhador em questão) para combater o fogo em seu início?
- Existia um plano, definido e treinado, de como os trabalhadores deveriam agir em caso de um tipo de emergência como essa?
Continuando em outro comentário............
 
Celso Barbosa Martins Neto em 09/05/2013 11:18:46
Todos sabem que aquelas soldas que fazem em armação de ferros soltam faiscas enormes,deveriam ter colocado proteção para que não atingisse locais inflamaveis como por exemplo, forro de pvc, isopor e plasticos,agora a culpa é só do trabalhador,cade a segurança do trabalho, o rapaz poderia ter sido morto nesse incendio,vamos esperar que a justiça seja justa com ele,porque a loja certamente tem seguro,e dar Graças a Deus que não houve vitimas,sinto muito pela perda da loja.
 
Teresa Moura em 09/05/2013 10:04:35
Sr. Andre, é verdade muitos trabalhadores sem a intensão de fazer isso é claro são responsabilizados por danos, agora médicos, advogados, promotores, juizes que tem um amplo conhecimento do assunto sequer são responsabilizados. Até que ponto é valido ser um cidadão que trabalha, paga impostos e ainda não recebe bolsa desempregado, eu te pergunto heim, se até preso recebe para estar na cadeia, heim!!!!!!!
 
jose carlos em 09/05/2013 09:49:03
Olha, concordo com os comentários!! O trabalhador, infelizmente, aconteceu isso td e certamente será responsabilizado. Tá certo.... uma pena, mas errou... poderia ter morrido alguém nessa situação. Mas, e a máfia criminosa do Hospital do Câncer e HU, com intenção de errar, com ganância, falta de amor, falta de ética, falta de pudor, sem vergonhas... serão punidos?? Pagamos pra ver!!!!!! Dois pesos e duas medidas....
 
Daniella Soares em 09/05/2013 09:27:47
A Lei é para todos, e é claro que para esse profissional, caberá a sua responsabilidade. Mas ele não está sozinho, o crime que ocorreu também está na instância do Ambiental, tendo em vista as consequências geradas pelo fogo que foram poluentes lançados no ar, a destruição de todo o local de trabalho. Comentei isso, para esclarecer que esse toda empresa tem que apresentar um Programa de Prevenção de Riscos Ambientais. Se existe esse PPRA, esse rapaz, jamais poderia estar executando esse serviço da forma como ele estava e não poderia exscutar sem ser companhando por alguém da Loja responsável pela segurança e pelo cumprimento das regras previstas no PPRA. Trocando em miúdos, existem outros co-responsáveis pela tragédia, a culpa não é e nem pode ser somente desse rapaz.
 
Flávio Márcio em 09/05/2013 08:58:38
Andre Campos disse tudo !!!
 
Simão de Magalhães Antonio em 09/05/2013 08:50:10
Uma coisa é o incêndio. A outra é não termos estrutura + capacidade + competência para apagar o incêndio.
Temos que evitar/prevenir o fogo.
Porém, se ocorrer, devemos estar preparados para apagá-lo. E neste caso específico, por tudo o que vi, lí e ouvi, Campo Grande não estava preparada para debelar o incêndio.
 
Paulo Botelho Pinto em 09/05/2013 08:35:22
Aquilo era um barril de pólvora autorizado a funcionar pela prefeitura e bombeiros e a culpa é do soldador? Na seria de quem contratou um sujeito sem Equipamento de Proteção Individual para atuar no telhado da loja?
 
Julio Neves em 09/05/2013 08:32:20
Mas, e a empresa? Por que ela não implementou as medidas de segurança que são exigidas por Normas Técnicas para este tipo de trabalho? Como foi feita a contratação deste trabalhador? Somente o operário deve ser responsabilizado? Acho que antes de definir responsabilidades, deve-se no mínimo, responder-se à estas simples perguntas...ou não?
 
Marcio Oliveira em 09/05/2013 08:25:02
Primeiro,como que solda pega fogo? será não é devido á fiação antiga do estabelecimento,por que vamos concorda que essas lojas de campo grande pensam em tudo mais trocar as fiações antigas fica em ultimo lugar.Por que será a Prisma cosmeticos pegou fogo? O Paulistão? Gente,incriminar uma pessoa que estava trabalhando é uma vergonha.Será que o dono que não é culpado?de quem era a loja quem tem que cuidar da segurança do estabelecimento. A pena é pequena mais vai sujar o nome de um trabador néh justiça brasileira !
 
laice Alves em 09/05/2013 08:13:22
Sobre as falhas na estrutura da corporação (Bombeiros), acho que órgãos de classe, as construtoras, etc ... deveriam criar um fundo para garantir a compra de equipamentos para os Bombeiros, porque se a situação continuar assim, ninguém vai mais querer comprar apartamentos.
 
Orlando Santos em 09/05/2013 08:11:29
Com certeza o trabalhador não será preso, porém este acidente serviu pra ver as condições dos nossos bombeiros e dar um alerta às autoridades pra tomarem providências. Foi apenas um alerta, já que não teve vitimas fatais. Espero que as condições dos bombeiros melhorem antes que ocorra outro incidente, mas com vítimas fatais.
 
Cassiano Jorge em 09/05/2013 08:03:48
Claudio Paulino : Brasileiro, trabalhador vai ser responsabilizado pelo crime de incêndio culposo – sem intenção.Renda: $$

Adalberto Siufi : Brasileiro, Médico vai ser.........................pausa para pizza..................fala pro chefe lá ele da um jeitinho......... o povo esquece em 3 semanas..........outra pausa...................
Renda :$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ Nao tem espaço aqui ,mando em outro e-mail....
 
Andre Campos em 09/05/2013 07:18:03
o operário é esse rapaz de verde?Eu filmei da janela da galeria são José e no meu vídeo um rapaz de blusa verde...(não sei se esse da foto) que estava andando pelo teto e desceu pela frente eu acho da casas Bahia...Mostra que ele SAIU pelo telhado do centro comercial...ele estava no centro comercial e não no planeta...Não tenho como postar o vídeo aqui...mais é nítido a hora em que ele abre uma espécie de tampa no telhado na parte dos fundos do centro comercial, sai, corre de um lado pro outro,dai ele desce pelo lado pulando de telhado em telhado e desce pela parte da frente eu acho que da Casas Bahia (afonso Pena).
 
GISELE LIMA em 09/05/2013 00:31:21
A corda irá arrebentar para o lado mais fraco!
 
Carlos Nunes em 08/05/2013 23:29:29
Tai uma situação a ser vista que nível de profissional foi contratado e o valor do contrato, quem contrata tem responsabilidade sobre o contrato e exigir os cuidados necessários, por exemplo, nunca soldar a cima de produtos inflamáveis ou que posam propagar chamas um verdadeiro absurdo (pode ser ai o caso do preço baixo).
 
paulo weber em 08/05/2013 23:06:17
olha e muito triste pra quem trabalha na loja...pro rapas tambem estava trabalhando muito triste q Deus abençoa q da tudo certo pra todos.
 
roberta justina da luz em 08/05/2013 22:35:47
Será que este operário estava executando esse trabalho sem autorização do propritário?, Acho que seja impossivel, que alguem va executar um trabalho sem autorização da direção de quem comanda o estabelecimento ou a obra, o responsavel pela loja que solicitou o serviço tem o dever de saber que aparelho de solda produz chamas, porque não substituiu as telhas que apresentavam defeito, quer economizar sem pençar nos riscos, depois querem colocar a responsabilidade(culpa) em um umilde operário soldador.Se esse operário sofrer alguma punição sem buscar quem mandou executar o serviço teremos acreditar na linguagem popular, que a corda sempre arrebenta do lado mais fraco.
 
porfirio vilela em 08/05/2013 22:10:54
A corda sempre rebenta do lado mais fraco, no caso o trabalhador. Lembam do acadêmico que matou o segurança David no semáforo? Tem dinheiro esta solto a muito tempo, vamos ver o que vão fazer com este operário, que por descuido enquanto trabalhava, foi infeliz.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 08/05/2013 21:59:38
ESSE PESSOAL ACHA QUE E PROFISSIONAL E SABE FAZER UM SERVICO DESSE, AGORA ESTA O RESULTADO DISSO, PRA MIM E PURA INCOMPETENCIA, QUERO VER ARCAR COM AS CONSEQUENCIAS,O MAIS FACIL E ELE SUMIR DE CAMPO GRANDE.
 
MARCIO MALAGOLI em 08/05/2013 21:58:43
e os extintores dessa empresa? onde estavam?
 
katiuscia ferreira em 08/05/2013 21:41:12
É lamentável esse acontecimento, poderia ter se transformado em grande tragédia com perdas humanas, e tudo por uma simples questão de falta de prevenção, quando proprietários, gerentes, síndicos ou quaisquer outros responsáveis por lojas, empresas, edifícios etc, se conscientizarem e buscarem informações de como realizar reparos, manutenções etc, com o mínimo de prevenção como por ex: isolando a área, sinalizando adequadamente e utilizando extintores próximos da área em risco, muitos transtornos serão evitados.
 
Carlos Irineu Gonzales em 08/05/2013 21:12:31
Coitado desse moço que só estava fazendo o seu trabalho, agora vai ser responsabilizado por um acidente do qual não teve intenção e nem culpa alguma. E a empresa pra qual ele trabalha? E os equipamentos de segurança e proteção? Porque uma loja desse tamanho não tinha extintores e aqueles aparelhos no teto que esquicham água quando detectam fogo e fumaça? Muito provavelmente ele estava cumprindo ordens sem as condições adequadas, como sempre acontece, e vai acabar pagando o pato sozinho.
 
Ivone Arguelho em 08/05/2013 21:10:03
Concordo com você Elenice
 
Lívia Souza em 08/05/2013 19:32:40
Que triste esse incidente, coitado do trabalhador !!! imagina o desespero dele, espero que que a pena dele não seja tão pesada, porque esses politicos, médicos faz e acontecem com a vida dos outros e acabam tudo em pizza, agora ele coitado é só um trabalhador !!
 
Elenice Santos em 08/05/2013 19:00:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions