A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/03/2013 11:26

Polícia diz que identificou todos os envolvidos em confusão no mirante

Francisco Júnior
Carro ficou destruído. (Foto: Pedro Peralta)Carro ficou destruído. (Foto: Pedro Peralta)

A Polícia informou que praticamente já identificou todos os envolvidos na confusão ocorrida no mirante em frente ao Aeroporto Internacional de Campo Grande, no último dia 3. Na ocasião, um veículo Gol foi incendiado.

De acordo com o delegado da 6ª Delegacia, Valmir de Moura Fé, os responsáveis por depenar o veículo já foram e ouvidos e indiciados. Segundo ele, o trabalho agora é identificar quem ateou fogo no carro. “O responsável será indiciado pelo crime de incêndio”, explica. A pena para este tipo de crime é de 1 a 3 anos de reclusão. Os nomes dos investigados não foi divulgados pela Polícia.

Conforme Moura Fé, as câmeras para monitoramento de trânsito naquele trecho foram fundamentais para a investigação. “Toda a ação foi gravada e ajudou para identificarmos os envolvidos. As câmeras deveriam ser colocadas em outros locais”.

O estudante de Medicina Veterinária Carlos Natan da Silva Gonçalves, 19 anos, foi um dos indiciados. Ele vai responder pelo crime de furto qualificado, por ter levado a bateria do Gol incendiado. Em depoimento na delegacia, ele negou que tenha incendiado o carro.

A Polícia Civil chegou até o universitário porque o carro dele, um Fiat Uno, foi filmado pelas câmeras. O rapaz confessou o crime.

Depois de confusão, policiais passaram a realizar policiamento ostensivo na região do mirante. As rondas foram iniciadas no dia 6 e desde então nenhuma ocorrência foi registrada no local.

Os policiais permanecem no local das 18 horas até as 6 horas do dia seguinte.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions