A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/05/2011 16:08

Polícia ouve terceiro preso e agentes sobre tentativa de fuga com reféns

Aline dos Santos
Presos fizeram 10 reféns em tentativa de fuga na Máxima. (Foto: João Garrigó)Presos fizeram 10 reféns em tentativa de fuga na Máxima. (Foto: João Garrigó)

Além dos presos Carlos Henrique da Silva e Adilson Pereira, um terceiro preso presta depoimento na 3ª delegacia de Polícia Civil sobre a tentativa de fuga no presídio de Segurança Máxima de Campo Grande.

O interno Fábio Delgado está sendo ouvido. À princípio, de acordo com o delegado Dmitri Palermo, a participação de Fábio teria sido menor. “Ele não teve participação direta. Foi um oportunista. Viu o pessoal saindo e tentou também”, afirma.

Com uma pistola, Carlos Henrique da Silva e Adilson Pereira fizeram hoje dez reféns no setor da saúde. Enquanto um mantinha a cabeça do agente sob a mira da pistola. O outro preso vigiava os demais.

A ação durou duas horas. A dupla se rendeu após a esposa e o advogado de Carlos Henrique ser levados até o presídio. Na delegacia, a dupla se negou a dizer como conseguiu a pistola.

“Eles falaram que não ia dizer”, relata o delegado. Também prestaram depoimentos dois agentes. Os demais reféns serão ouvidos no decorrer da semana.

Conforme o delegado, a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) estuda a possibilidade de transferir os internos para o presídio federal.

A assessoria da Agepen informa que aguarda o fim dos depoimentos e que o destino dos presos não deve ser divulgado, por ser informação de segurança.

Segundo o delegado, Carlos Henrique e Adilson Pereira devem responder por porte de arma, evasão mediante violência e lesão corporal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions