A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/12/2014 08:16

Policial mata pitbull com tiro após ataque em via pública no Pênfigo

Renan Nucci

Cão da raça pitbull que atacava uma cadela pinscher e ameaçava outras pessoas na Rua André Luiz Silva, no Jardim Pênfigo, foi morto com um tiro na cabeça por um policial militar de Campo Grande, na manhã de ontem (14). A proprietária do pitbull disse que por descuido, o animal escapou do quintal e correu para a rua. A arma do policial foi apreendida para análise.

O PM disse que por volta das 8h30, estava em casa quando começou a ouvir pessoas gritando “está matando, está matando!”. Ao sair para verificar, viu o pitbull atacando um pinscher. A dona da cachorrinha tentava salvá-la, com o neto de oito anos no colo. O policial então voltou para sua residência e pegou um revólver calibre 38 da marca Taurus.

Os donos do pitbull tentaram acalmá-lo, assim como outras pessoas que estavam no local, mas o ataque não cessava de maneira alguma, nem mesmo quando ele era atingido por correntadas. Imaginando que algo pior pudesse acontecer, o militar se aproximou e efetuou um único disparo em direção à cabeça do pitbull, matando-o imediatamente. Logo em seguida, a Polícia Militar foi acionada.

A responsável pela cadela pinscher disse que estava sentada em frente da residência, quando o viu o cachorro do vizinho correndo em sua direção. Ela entrou na casa para se proteger, mas seu animal não conseguiu e foi atacado. A mulher disse ainda que tentou intervir, no entanto, sem sucesso. Por outro lado, o pitbull escapou no momento em que familiares da dona chegavam e abriam o portão. Toda a ação durou cerca de três minutos. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga como “maus-tratos a animais”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions