A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/09/2011 19:23

Possível intoxicação transforma HR em uma correria

Paulo Fernandes e Nadyenka Castro
Crianças foram socorridas, receberam soro e medicamentos (Foto: Simão Nogueira)Crianças foram socorridas, receberam soro e medicamentos (Foto: Simão Nogueira)

Das dezenas de crianças que começaram a passar mal nesta terça-feira na Escola Municipal Iracema Maria Vicente, no bairro Rita Vieira, 37 alunos foram levados ao Hospital Regional de Campo Grande, transformando um dos principais hospitais do Estado em uma confusão.

A mobilização no hospital começou assim que o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) avisou que as crianças seriam transportadas para lá.

Todos os profissionais de enfermagem foram mobilizados. Médicos pediátricos de outros setores também foram deslocados para atender as crianças

Elas chegaram com os mesmos sintomas: dores na barriga e vômito. Algumas também tiveram diarréia.

Foram 15 minutos de correria e tumulto pela grande quantidade de pacientes chegando ao mesmo tempo.

Assim que chegaram, as crianças receberam soro e medicação sintomática, para dor de barriga e, em alguns casos, para diarréia.

Os sintomas são de intoxicação alimentar, confirmou o chefe da pediatria do Pronto Socorro, Nei Borba.

Além dos medicamentos, as crianças passaram por exames de sangue. “A situação é muito complicada”, resumiu o médico-pediatra.

Todos os leitos estão ocupados. Algumas macas estão com mais de um aluno. Tem criança até em berço.

Os cheiros de vômito e de fezes tomaram conta do Pronto Socorro.

Todo o plantão da noite foi reforçado. Ao invés dos dois pediatras por plantão, serão três. De um médico residente, passaram a três. A quantidade de técnicos de enfermagem saltou de três para oito. Serão quatro técnicos de laboratório, ao invés de um. Já a quantidade de enfermeiros saltou de um para três.

Ainda não há previsão de alta para os alunos. Não é possível saber como as crianças vão reagir. Algumas estão dormindo, outras acordadas.

A principal suspeita é de que a causa do problema tenha vindo do cardápio: arroz, feijão, salsicha e ovo, com gelatina de sobremesa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions