A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/09/2015 18:42

Prefeito avalia medidas emergenciais para “tocar” serviço de tapa-buraco

Michel Faustino
Bernal disse que prefeitura pode montar equipe própria para tocar serviço. (Foto: Gerson Walber)Bernal disse que prefeitura pode montar equipe própria para tocar serviço. (Foto: Gerson Walber)

O prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) declarou na tarde de hoje (29) durante evento no IMPCG (Instituto Municipal de Previdência) que está buscando alternativas para evitar “que o município se transforme em um queijo suíço”. Com a ideia de economizar para amenizar o déficit de R$ 30 milhões, deixado pela administração passada, o prefeito cancelou serviços menos essenciais, entre eles, a operação tapa-buraco.

Segundo Bernal, está em analise a possibilidade da prefeitura montar uma equipe afim de executar o serviço, no entanto, a alternativa esbarra na falta de maquinário.

“No momento a prefeitura tem apenas dois rolinhos compactadores e os demais maquinários estão defasados. Agora temos que buscar alternativas economicas e inteligentes para agilizar o serviço. Inclusive vamos conversar com o Ministério Público a respeito disso”, disse.

Questionado sobre a possibilidade de novas licitações, Bernal afirmou que isto demandaria muito tempo, e o que a cidade precisa hoje, é de um serviço rápido.

“Estamos vendo isso ainda, mas a licitação demora muito. É um tramite complexo, e o que a cidade precisa é de uma ação urgente”, finalizou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions