A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

01/11/2017 11:33

Prefeitura abre licitação para vender folha por pelo menos R$ 50 milhões

A expectativa do município é arrecadar dinheiro para ajudar no 13º salário

Mayara Bueno

A prefeitura de Campo Grande abriu licitação para vender a folha de pagamento dos quase 23 mil servidores municipais. A pretensão do município é obter R$ 50 milhões em 1º de dezembro para ajudar no pagamento do 13º salário do servidor.

Conforme o aviso do certame, publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quarta-feira (1º), a abertura das propostas acontece em 17 de novembro de 2017, às 8 horas, na Diretoria de Compras da prefeitura, localizada na avenida Afonso Pena.

O objeto é "contratação de instituição financeira pública ou privada autorizada pelo Banco Central do Brasil para prestação de serviços de pagamento de vencimentos, proventos e aposentadorias e pensões dos servidores".

Desde que anunciou a licitação, o município atribuiu a venda da folha à garantia de conseguir recursos para o 13º. A ideia é que o banco vencedor deposite o dinheiro até começo de dezembro, mas só comece a gerenciar o sistema em julho de 2018, quando o atual contrato, que é com o Bradesco, vence. 

Também será em dezembro o pagamento do abono dos 23 mil servidores. A despesa mensal da prefeitura com pessoal é de R$ 107 milhões.

A última venda da folha foi em 2012, na gestão de Nelson Trad Filho (PTB), e o município arrecadou R$ 33 milhões. Desta vez, a expectativa é alcançar R$ 50 milhões. 

A venda antecipada da folha não significa quebra contratual, conforme disse anteriormente o secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto. Ele explicou que apenas a negociação é antecipada, mas o contrato segue até o seu encerramento e, só depois, o próximo banco (ou até mesmo o Bradesco, caso tenha interesse e vença a licitação) assumirá a folha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions