A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/03/2013 13:32

Prefeitura cancela contrato de R$ 9,8 milhões para recapear área central

Aline dos Santos
Obra na Bandeiras é feita pela equipe da Prefeitura. (Foto: Simão Nogueira)Obra na Bandeiras é feita pela equipe da Prefeitura. (Foto: Simão Nogueira)

A Prefeitura de Campo Grande rescindiu contrato de R$ 9,8 milhões para recapeamento das ruas do quadrilátero da área Central. De acordo com o titular da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, o cancelamento é devido à falta de recursos para tocar a obra.

O fim do contrato com a empresa Proteco Construções Ltda foi publicado hoje no Diário Oficial do município. Como não havia iniciado o serviço, o encerramento é sem custo para o poder público. O termo para execução da obra de restauração asfáltica e microdrenagem no quadrilátero da Zona Central foi publicado em 6 de dezembro de 2012.

Conforme Semy, o recapeamento seria realizado no trecho entre as avenidas Afonso Pena, Mato Grosso, Ernesto Geisel e rua 25 de dezembro. Ele afirma que as finanças da Prefeitura sofreram o impacto do congelamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e o repasse menor do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) por parte do governo estadual. “A equipe financeira informou que a expectativa é queda de R$ 80 milhões na arrecadação”, explica.

Não há previsão de quando a obra será executada. No fim de 2012, o então prefeito Nelsinho Trad (PMDB) declarou que drenagem e recapeamento eram resposta do poder público ao Reviva Centro, também conhecido como Cidade Limpa. No projeto, os comerciantes tiveram que reformar as fachadas.

Bandeiras – Hoje, também foi publicada a rescisão do contrato de R$ 2.717.875,49 para recapeamento da avenida das Bandeiras. A obra seria executada pela mesma empresa.

No entanto, neste caso, a Prefeitura está utilizando equipe própria. Segundo Semy Ferraz, o andamento pode ser prejudicado, pois os funcionários paralisam o trabalho em caso de ação emergencial em outro ponto da cidade.

A estimativa é a conclusão em três meses. Já com uma empresa terceirizada, a obra demoraria metade do tempo.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Decepção geral pra mim ter crido que o Sr Bernal podereia fazer uma administração boa. Agora to começando a entender a 'implicância ' dos vereadores com ele. Não vejo nada de posittivo nas ações dele e tão pouco dos nobres vereadores.
 
fabio lopes em 07/03/2013 09:36:02
É importante que a população saiba que o caus existente hoje é devido a má gestão de 16 anos do PMDB governando a capital!!!! Ando pela cidade inteira, realmente as avenidas de acesso, como bandeiras, bandeirantes, guaicurus precisam de intervenção urgente do município. Ocorre que em 16 anos nenhuma das ruas mencionadas foi reestruturada pelo governo passado!!! Abre o olho gente pois estão tentando utilizar a população e a opinião pública como massa de manobra.
 
Guilherme Luiz em 07/03/2013 09:26:14
A Prefeitura Municipal deveria ser responsabilizada pelos danos causados aos veículos que circulam na cidade. Não há veículo que aguente, mesmo novo. As buraqueiras, os remendos, tapa burados efetuados ou são acima ou abaixo do nível do pavimento normal (não sei como os fiscais aprovam e pagam esses serviços, $.). A avenida calógeras tem trecho que só falta tomar o volante das mãos, devido às irregularidades do asfalto, onde o pneu encaixa nos sulcos do pavimento.
 
Jonas de Souza em 07/03/2013 08:38:05
Já tá ficando ridículo isso.

Até parece que, em 31 de dezembro do ano passado, não haviam buracos nas ruas, o centro estava todo recapeado. E foi o Bernal assumir que as ruas se despedaçaram.

E é no mínimo ingênuo, pra não dizer infantil, criticar um governo de 2 meses. Se a administração anterior não fez em 20 anos, como é que se pode exigir que se faça em 2 meses?





 
Adriano dos Santos em 07/03/2013 08:35:19
Estão reclamando do congelamento do IPTU, mas este era o compromisso de campanha, o Bernal já esqueceu? Só falta esquecer também a redução na tarifa do transporte coletivo urbano. Foi dito que tinha uma "gordura" de 20%, aonde está a redução na tarifa????
 
Inês de Castro em 07/03/2013 08:23:39
AMARREM UMA CORDA AO PESCOÇO DO PREFEITO , FORRA COM ELE
 
SILMAR OLIVEIRA em 07/03/2013 07:59:18
Tem que recapear, a avenida Consul Assaf Trad, lá está horrivel de passar, desde a rotatoria do Shopping...
 
Mirian Machado em 07/03/2013 07:51:43
Pessoal, não esqueçam que quase todas as ruas de Campo Grande precisam ser recapeadas.
Com exceção do que foi asfaltado nos ultimo 6 ou 7 anos, o resto tem fazer novamente e acabar com esta mania de tapa buraco.
Não sou tecnico, mas acho que quando começa a aparecer buracos no asfalto, ja tem que fazer o recapeamento.
 
Romeu Luitz em 06/03/2013 22:56:10
É lamentável...Verifica-se grande retrocesso com as políticas publicas adotadas cancelamento de contratos, demissao de pessoal qualificado, e uma punhalada pelas costas na educacao, pois hj foi anunciado que o administrador ira ao MPE para barrar o aumento dos professores. Hoje fui a prefeitura pegar uma certidao negativa de debitos gerais, que na administracao passada era entregue na mesma hora, assim que comprovado o pagamento, hoje é preciso entrar duas vezes na fila, uma com a senha A para fazer o requerimento e apos 48 horas com a senha B para retirar a certidao se estiver pronta, tudo isso na era da tecnologia.Ja imaginava que seria ruim, mas nao pensei que fosse tanto...e isso é so o comeco...Cada povo tem o governo que merece.
 
dalva araujo em 06/03/2013 22:42:00
Quem mandou acreditar em discurso????? Enquanto os brasileiros não aprenderem a olhar o passado de um candidato, é isso que vai acontecer sempre: DECEPÇÃO
 
Maria Luísa Marini em 06/03/2013 22:04:58
Infelizmente serão quatro anos de retrocesso, mas não adianta chorar o leite derramado.
Temos que suportar a andar neste lixo de asfalto desta cidade que nunca recebeu um recapagem em sua história, é vergonhoso o estado de conservação das ruas de campo Grande, o asfalto já acabou, restou somente remendo mal feitos por estas empreiteiras de tapa buracos. Por conta disso temos que trocar de carro a cada ano, pois em menos de 6 meses vira uma carroça, de tando sacolejar.
Quando viajo à minha cidade natal no interior de São Paulo, fico decepcionado comparando os asfaltos das cidades do interior de SP, lá o recapiamento é feito a cada cinco anos independente do estado em que se encontra, e o valor dos imóveis para efeito de cálculo de IPTU é bem inferior o de Campo Grande
 
lorival costa correia em 06/03/2013 21:55:37
IMPEACHMENT para o BERNAL !!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Vinícius Gomes em 06/03/2013 21:45:25
É isso ai. Parabéns para aqueles que acreditaram nas promessas de Bernal. E o dinheiro Federal aprovado vai para onde. Isso é uma baderna total, muito bom para as concessionárias e ofinicas mecânicas, assim não faltará serviços de suspensão durante muito tempo.
Isso tudo é uma vergonha, ridículo, ainda dizem que é falta de dinheiro devido a redução de impostos, que paga os impostos todos os meses sabem disso.
E o Bernal?
 
José Mauro dos Santos em 06/03/2013 21:17:30
Tem gente que acredita em Papai Noel, contos de fadas, etc.
 
Milton Santolaia em 06/03/2013 21:13:09
Tem que executar obras que são prioridade!
 
jocelino maropo em 06/03/2013 20:57:38
Fala para esse cidadão que chamam de prefeito para passar todos os dias no horário de pico na av. das bandeiras, bandeirantes, e guaicurus de preferencia de fiat uno ou fusca quem sabe de onibus lotado e em pé, quem sabe ele muda de opinião. Eai Campo Grande não vamos fazer nada?
 
ronaldo xavier de barros em 06/03/2013 20:49:27
NÃO ME SURPREENDO MAIS A RESPEITO DOS COMENTÁRIOS EXISTENTES, UMA VEZ QUE EM TODO OS 8 ANOS, NENHUM EXISTIU E OS PROBLEMAS SEMPRE EXISTIRAM ONDE OS SENHORES ESTAVAM NESSE PERÍODO, TEMOS QUE SER CRÍTICOS PONDERADOS SEM RANCOR E SIM COM VONTADE DE CONSTRUIR ALGO EM COMUM. POR ISSO ESSE GRANDE ÍNDICE DE VIOLÊNCIA, É MUITO ÓDIO QUE É DESCARREGADO, APOSTO QUE NENHUM DESSES QUE COMENTAM FOI EM UMA AUDIÊNCIA NA CÂMARA PARA COBRAR DAS AUTORIDADES, É MAIS FÁCIL SE ESCONDER ATRAS DE PSEUDÔNIMOS. SEJAMOS POSITIVOS E AUTRUISTAS O QUE QUEREMOS PARA NOSSOS FILHOS, FEL OU MEL.
 
EUGENIO CARLOS em 06/03/2013 20:23:08
não queriam mudanças, ta ai as mudanças
 
cesar pereira dos santos em 06/03/2013 20:00:34
Putz...que legal !Campo Grande sentirá saudade da administração do Nelsinho Trad. O povo merece o prefeito que tem...!
 
arnobio luiz em 06/03/2013 19:19:19
Não estou entendendo, o discurso não era congelar o IPTU? O discurso não era que em 30 dias Campo Grande estaria com outra cara? O discurso não era que o atendimento nos postos seriam agilizados, que trocentos médicos seriam contratados para atender a população? Para de enganação e mentiras, o povo não é mais besta, vocês perderam prazo para recursos federal. Isso que dá colocar gente que não entende nada para ser da equipe, manda estudar para ter conhecimento e ser chefe de alguma coisa.Estão se achando acima de Deus e ficam falando que não querem funcionários na sala delas, vivem com portas fechadas, não querem ser incomodadas. O que se observa é um deslumbramento com o " poder", ainda não perceberam que a prefeitura não é casa delas e sim do povo.
 
Alice Silva em 06/03/2013 18:44:27
Sinceridade fiquei decepcionado com isso
pq? era um sonho nosso o recapeamento do centro da nossa cidade uma pena isso acontecer fikamos na promessa Do Nelsinho que nao cumpriu e agora Bernal?
pensa a buraqueira na Av Bandirantes, na Av das Bandeiras na Av Guaicurus e o centro se desmanchando com o peso desses onibus. Essa obra nao poderia ser parcelada? executar por etapa ? conforme a disponibilidade financeira da PMCG?
fika ai essa indagaçao?
 
joao matos presindente do conselho regional do centro em 06/03/2013 18:37:13
Do jeito que está Campo Grande será riscada do mapa!
 
Anna Gonçalves em 06/03/2013 17:44:39
Eu convido o nosso atual Prefeito, a passar todos os dias pela avenida das Bandeiras de carro, de preferência pra ver como está a situação desta avenida. Falta de respeito com os moradores. Afinal o dinheiro para estas obras não é federal?
 
Luciene Rocha em 06/03/2013 17:36:00
Poxa, sacanagem, esses lugares precisam urgente de recapeamento...
Nessa eleição trocaram seis por meia dúzia..cadê as mudanças??
 
Náthaly Silva em 06/03/2013 17:34:26
Os Eleitores estava loucos por mudança,esta ai, perdendo todos os investimentos federais..
acordam campo grandenses
 
FREDERICO LOPES MARQUES em 06/03/2013 16:58:26
Difícil não comentar. Estou começando a acreditar nas pessoas que criticam a gestão do atual prefeito. Começo a acreditar porque as atitudes da prefeitura me levam a isso. Como é que a prefeitura não tem capacidade para buscar recursos para realizar essas obras?. Isso sinceramente, é um atestado de incompetência gerencial!
 
Marco Túlio Costa em 06/03/2013 15:03:09
Na verdade essas obras seriam pagas com dinheiro Federal já aprovado mediante a projeto elaborado na gestão passada, mas nosso querido Prefeito Alcides Bernal não quer nenhuma obra em que o projeto tenha sido apresentado pela gestão passada ou seja Campo Grande perderá investimentos por puro ego politico.
 
Jonas Dias em 06/03/2013 14:55:43
Aprendam população, todos políticos fazem promessas, pelo menos o outro candidato tinha "estrutura" para administração da cidade, agora aguenta, 4 anos de CONGELAMENTO, e ainda falam de funcionários da oposição atrapalhando o atual prefeito, toma atitude SR. Bernal.
 
leandro souza em 06/03/2013 13:55:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions