ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Prefeitura da Capital quer construir mais um condomínio popular no Centro

Área fica na região da Avenida Fernando Corrêa da Costa, perto de outro futuro empreendimento popular

Por Adriel Mattos | 27/05/2022 10:45
Área fica na Vila Gaspar, parcelamento da Vila Glória. (Foto: Henrique Kawaminami)
Área fica na Vila Gaspar, parcelamento da Vila Glória. (Foto: Henrique Kawaminami)

A prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (Patriota), enviou um projeto de lei à Câmara Municipal pedindo autorização para repassar uma área no Centro para a Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários). O lote de mais de 6 mil metros quadrados fica na Vila Gaspar, um parcelamento da Vila Glória.

O terreno fica localizado mais especificamente no quadrilátero da Avenida Fernando Corrêa da Costa e ruas Rui Barbosa, Tonico Saad e Antônio Corrêa. Partes desse lote pertencem a terceiros, que serão mantidos, a princípio, com seus respectivos proprietários.

Na justificativa, Adriane lembrou que o projeto visa reduzir o déficit habitacional. “A supracitada área será utilizada para desenvolvimento de projeto habitacional de interesse social, onde será implementado empreendimento habitacional com unidades comerciais e/ou de serviços para as faixas de renda 1,5 e 2,0, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Integrado do Município de Campo Grande – Viva Campo Grande – 2ª Fase”, pontuou.

Para que a medida passe a valer, a proposta precisa ser aprovada na CLJR (Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final). Em seguida, deve ser discutida em plenário.

O texto passa por outras comissões da Casa de Leis antes de ser votado em segunda discussão. Se não houver alterações, a matéria segue direto para sanção da prefeita, entrando em vigor no mesmo dia que for publicada no Diário Oficial.

Mapa mostra localização do novo empreendimento. (Arte: Henrique Lucas)
Mapa mostra localização do novo empreendimento. (Arte: Henrique Lucas)

Vila da Melhor Idade – Através do Reviva Campo Grande, a prefeitura também pretende implantar outro condomínio popular, este voltado para idosos. Trata-se do Condomínio Campo Grande Melhor Idade, também chamado de Vila da Melhor Idade.

O empreendimento será construído próximo ao Horto Florestal, no cruzamento da Avenida Fernando Corrêa da Costa com a Rua Anhanduí, na Vila Carvalho, região central.

A obra vai custar R$ 8,8 milhões e após a assinatura da ordem de início de serviços, tem prazo de um ano e nove meses para terminar. Portanto, o condomínio deve ficar pronto no primeiro semestre de 2024.

Os recursos são de empréstimo do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e a obra fica sob a responsabilidade da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos).

Cada apartamento terá área privativa de 33,70 m², sala integrada com cozinha, área de serviço e um quarto com banheiro. Os moradores serão idosos de baixa renda, que terão de arcar com aluguel social de até R$ 250. O local terá foco na acessibilidade, a fim de garantir boas condições aos inquilinos.

Nos siga no Google Notícias