A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

07/05/2013 14:11

Prefeitura desapropria calçadas para ampliar pistas da Júlio de Castilho

Nadyenka Castro e Mariana Lopes
Wilson mostra calçada do imóvel dele. (Foto: Vanderlei Aparecido)Wilson mostra calçada do imóvel dele. (Foto: Vanderlei Aparecido)

A Prefeitura de Campo Grande desapropriou calçadas dos imóveis para ampliar a avenida Júlio de Castilho. De acordo com o secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semmy Ferraz, o procedimento é para concluir a obra de revitalização da via.

Nesta terça-feira, oficial de Justiça e guardas municipais avisaram proprietários sobre a desapropriação em um novo trecho da avenida.

Um dos donos de imóveis é Wilson de Souza, 56 anos. Ele é dono de um prédio onde funciona um restaurante e diz que está preocupado com a situação, principalmente porque na década de 80, ‘perdeu’ três metros de calçada e ainda não recebeu. “Tenho receio de acontecer de novo”, disse. Segundo ele, agora serão desapropriados mais dois metros.

O secretário explica que a desapropriação é necessária para alargamento das pistas, para que possam trafegar dois carros. Em alguns pontos da via, apenas um passa. Ele diz que o procedimento é continuação do que já estava sendo feito.

Conforme Semmy, o tamanho mínimo das calçadas será de 1,5 m, conforme determina a lei, e que as indenizações serão pagas de acordo com avaliação de comissão da Prefeitura, que leva em consideração o valor do imóvel. “A determinação do prefeito é para pagar”.

Semmy afirma também que os danos às calçadas serão consertados pela Prefeitura e o proprietário não terá prejuízo. Sobre interdições, o secretário diz que, se houver necessidade, serão feitas de apenas uma pista.

O secretário reafirma que a previsão é que a obra seja inaugurada em julho e que a atual gestão optou por manter o projeto original para que não houvesse mais problemas e a revitalização demorasse ainda mais para ficar pronta.



Na construção de um salão para comércio, por Lei já tem que afastar 4 metros da calçada original. Na Julio de Castilho como em vários outros locais de Campo Grande, não respeitam a Lei e fazem errado depois querem ter razão.
 
luiz alves em 08/05/2013 07:59:00
imaginem vcs com uma calçada de 1,5metros e na velocidade que pasão os carros quando tiver um acidente com certeza ira matar alguem na calçada,ai irão trazer outro problema para população,não vai ter pra onde correr bateu pegou um pedestre.
 
renato garcia em 08/05/2013 06:23:31
Nem que tenha que acabar com os estacionamentos, mas se não ativar duas faixas de rolamentos é melhor nem mexer, considerando as imperícias hereditárias em deslocamento rápido dos nossos condutores.
 
JORGE FERREIRA em 07/05/2013 21:44:29
a calçada não é da pessoa...somente o imóvel eolhe la kr
 
Leticia Alves em 07/05/2013 20:22:13
Poderiam fazer isso na Zahran também! Situação caótica nesta avenida em horários de pico...
 
Fernando Gattuso em 07/05/2013 18:41:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions