ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  19    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Prefeitura estuda suspender toque de recolher a partir do dia 1º de outubro

Atualmente, medida de prevenção ao novo coronavírus está em vigor entre meia-noite e 5h; decreto vale até dia 30 de setembro

Por Liniker Ribeiro | 25/09/2020 16:26
Cruzamento da Avenida Afonso pena com a Rua 14 de Julho após horário do toque de recolher, em Campo Grande (Foto: Foto: Gabriel Marchese | Arquivo)
Cruzamento da Avenida Afonso pena com a Rua 14 de Julho após horário do toque de recolher, em Campo Grande (Foto: Foto: Gabriel Marchese | Arquivo)

A renovação ou suspensão do toque de recolher, a partir do dia 1º de outubro, em Campo Grande, será decidida na próxima segunda-feira (28) pela prefeitura da Capital. Conforme o titular da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana), Luiz Eduardo Costa, estudos e negociações indicam chances da atual proibição de circulação de pessoas, após a meia-noite, ser a última em vigor.

“Graças a Deus estamos conseguindo dialogar com todas as correntes e isso vai ser decidido na segunda-feira. Se houver condições, podemos não renovar”, destacou Eduardo Costa, ao Campo Grande News.

O toque de recolher em Campo Grande, adotado como medida de prevenção ao novo coronavírus, no mês de março, mudou de horário pelo menos 11 vezes, desde o início. O mais recente decreto publicado pela prefeitura estipulou início do toque de recolher à meia-noite, encerrando às 5h.

Inicialmente, a medida adotada na Capital proibia a circulação de pessoas pelas ruas, a partir das 22h. O toque de recolheu começou a valer duas semanas após as primeiros testes positivos para covid-19. O atual horário da medida começou a valer no dia 14 de setembro e termina no dia 30.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário