A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/10/2015 07:40

Projeto da Semadur debate questões ambientais com alunos da Reme

Flávia Lima
Alunos debatem questões ambientais em projeto da Semadur. (Foto:Divulgação)Alunos debatem questões ambientais em projeto da Semadur. (Foto:Divulgação)

Alunos da escola municipal Professor Múcio Teixeira Júnior, na Capital, receberão nesta quinta-feira (8), equipes de Educação Ambiental da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), que levarão palestras educativas para cerca de 70 alunos das turmas do 8º ano.

Serão debatidos temas como sustentabilidade, consumo consciente, correta destinação dos resíduos, preservação de córregos e alerta sobre o uso indiscriminado dos recursos naturais e as consequências causadas a partir dessa prática.

A atividade faz parte do Programa de Educação Ambiental Itinerante desenvolvido pela Divisão de Políticas Sustentáveis e Educação Ambiental da Semadur. Durante as visita, as equipes também irão apresentar o projeto de ações socioambientais da Semadur que será realizado na região, com atividades voltadas à tecnologia social na área do Parque Linear do Cabaça, que fica próximo à escola.

Para a diretora-adjunta, Fátima Aparecida Monteiro Martinez, as ações são importantes para complementar o aprendizado dos estudantes. O programa de Educação Ambiental Itinerante proporciona diversas atividades abordando informações sobre reciclagem, poluição, sustentabilidade, preservação ambiental, além da realização de pesquisas, palestras e gincanas. Escolas, empresas, entidades diversas poderão solicitar o projeto.

Os interessados devem entrar em contato com a Semadur, na Divisão de Políticas Sustentáveis e Educação Ambiental (DFPE) e solicitar agendamento pelo telefone 3314-3290.

Semadur afirma que está dentro do prazo em relação a licença da Sagarana
Ontem (20) o Lado B publicou uma matéria em que o produtor de eventos Zegui Almeida alega que a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Dese...
Em MS, chance de ser morta é 34% maior para mulheres negras
Mulheres negras de 15 a 29 anos correm 34% mais risco de serem assassinadas que mulheres brancas, na mesma faixa etária, em Mato Grosso do Sul. O dad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions