A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/08/2016 19:00

Rajadas derrubam muro de casa e árvore; Defesa Civil ainda avalia estragos

Guilherme Henri
Vento derrubou muro na rua dos farmacêuticos, no bairro Arnaldo de Figueiredo (Foto: Direto das Ruas) Vento derrubou muro na rua dos farmacêuticos, no bairro Arnaldo de Figueiredo (Foto: Direto das Ruas)

Além de deixar vários bairros de Campo Grande no escuro hoje (20), a chuva e os fortes ventos também derrubaram uma árvore sobre uma residência na Vila Anahy e um muro na Rua dos Farmacêuticos, bairro Arnaldo de Figueiredo, região leste da Capital.

Segundo a Defesa Civil, ainda não há informações se moradores ficaram feridos e, devido a inúmeras ligações, não foi possível fazer um levantamento parcial de chamados que órgão recebeu desde as 18h até o momento em que foi contatada pela reportagem.

Conforme relatos de moradores, na área central, entre as ruas Rui Barbosa e 7 de Setembro uma árvore caiu derrubando fios de energia.

Com as fortes rajadas, o semáforo da Rua Joaquim Murtinho ficou pendurado apenas por um fio. Já os semáforos das ruas Rui Barbosa, 15 de Novembro, Pedro Celestino e Padre João Crippa ficaram sem energia.

Os bairros Amambaí, Monte Castelo e um trecho da avenida Duque de Caxias ficaram sem energia. E a ventania ainda destelhou o Armazém Cultural na Ferrovia.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Metereologia), que possui estação de monitoramento na saída para a Aquidauana, as rajadas atingiram a velocidade de 58,32 quilômetros por hora.

A entidade emitiu alerta para temporais acompanhados de trovoadas e fortes rajadas de vento, principalmente na região central, onde fica Campo Grande, e sul, onde ficam municípios como Ponta Porã e Dourado hoje.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions