A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

15/05/2016 09:19

Reinaldo começa o dia na Caravana: "é importante ouvir as pessoas"

Amanda Bogo e Leonardo Rocha
Reinaldo Azambuja esteve na manhã deste domingo (15) na Caravana da Saúde (Foto: Fernando Antunes)Reinaldo Azambuja esteve na manhã deste domingo (15) na Caravana da Saúde (Foto: Fernando Antunes)

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), esteve logo no início da manhã deste domingo (15) acompanhando os trabalhos da Caravana da Saúde, no Centro de Eventos Albano Franco, em Campo Grande. Ele conversou com pacientes e reafirmou que, com uma demanda acima do espero, os serviços na Capital devem superar as metas iniciais.

Este fim de semana está sendo o primeiro de Dia D da Caravana. Neste domingo, a exemplo do que aconteceu no sábado (14), o Albano Franco também está lotado.

Reinaldo visitou as dependências do local, conversou com pessoas que estavam nas filas para saber o tempo de espera e o que elas estavam achando dos serviços. O governador fez uma avaliação do atendimento e comentou que as cirurgias na área oftalmológica ultrapassarão o esperado devido à grande demanda.

“É importante ouvir as pessoas, já que tem muitas que aguardam há muito tempo na fila. Eu conversei com alguns pacientes de 10, 15 e até 30 anos na espera. Pelo ritmo e volume concentrado nessa primeira semana, acredito que vamos passar de 12 mil cirurgias na área de oftalmologia”, disse.

O governador ainda falou sobre a importância do projeto para o atendimento de todas as áreas da saúde. “A caravana é tão positiva por conseguir diminuir essa fila e avançar em exames importantes para a saúde da população, como por exemplo ressonância magnética, tomográfica, entre outros. Principalmente na área de oftalmologia”, finalizou.

A Caravana da Saúde em Campo Grande é a 11ª edição e encerra uma espécie de primeira fase do projeto, executado pelo governo de Mato Grosso do Sul. Um dos principais objetivos é zerar filas de atendimento, como no caso das cirurgias de catarata.

O governador já ressaltou, em algumas ocasiões, que até então a média do Poder Público estadual era fazer entre 1 mil e 1,2 mil cirurgias oftalmológicas por ano. Com a Caravana, a expecativa é fechar a 11ª edição com um total de 45 mil operações, sendo até 17 mil delas feitas somente em Campo Grande.

A ação fica na Capital até o dia 29 de maio. Mas, alguns procedimentos terão continuidade em unidades hospitalares da cidade nos meses subsequentes.

 

Caravana da Saúde chegará a 45 mil cirurgias feitas em um ano
Na 11ª edição da Caravana da Saúde, em Campo Grande, não faltam exemplos de pacientes que voltaram a enxergar, após anos esperando na fila de cirurgi...
Transporte coletivo para Caravana da Saúde também recebe reforço domingo
O consórcio responsável pelo transporte coletivo em Campo Grande irá disponibilizar frota extra por conta da Caravana da Saúde, que está com estrutur...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions