ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Riedel reafirma que Aquário do Pantanal será entregue em março

Secretário lembrou que atual gestão conseguiu superar impasse jurídico após mais de dez anos de obras

Por Adriel Mattos | 27/01/2022 15:46
Secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel. (Foto: Guilherme Pimentel)
Secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel. (Foto: Guilherme Pimentel)

O secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, reafirmou nesta quinta-feira (27) que o Centro de Estudos e Pesquisas da Ictiofauna Pantaneira, o Aquário do Pantanal, será entregue em março deste ano. A fala foi durante entrevista à rádio Capittal.

“Superamos um imbróglio jurídico, foram quase três anos nessa discussão, e retomamos o processo onde todos os atores envolvidos [além do governo], como Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e o Ministério Público [do Estado], estão acompanhando todo o andamento. Estou praticamente toda semana acompanhando o andamento, está indo muito bem e o cronograma está mantido, em março nós vamos entregar o Aquário”, afirmou o secretário.

Riedel lembrou que, desde 2015, no lançamento do programa Obra Inacabada Zero, a administração de Reinaldo Azambuja (PSDB) atua para resolver o impasse jurídico que impedia a conclusão do Centro de Pesquisas. A Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura) desmembrou a obra em 13 frentes de trabalho, licitando todas de maneira transparente e garantindo sinergia e cooperação entre as empresas vencedoras.

Ontem, quarta-feira (26), Riedel e o titular da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura), Jaime Verruck, acompanharam o governador na reunião com a diretoria do Grupo Cataratas, holding que administra pontos turísticos no Paraná, Pernambuco e Rio de Janeiro, para discutir a pactuação que prevê a administração do Aquário do Pantanal. Os executivos da empresa virão a Mato Grosso do Sul para uma visita técnica em fevereiro.

“Uma vez concluído e entregue à sociedade, o Aquário do Pantanal terá papel importante na indústria regional do turismo, bem como no campo de pesquisa, educação e desenvolvimento do Estado”, pontuou o secretário de Infraestrutura.

Transparência – Em setembro de 2021, Reinaldo garantiu durante visita ao Aquário que obra seria entregue neste ano. “Ele nasceu lá em 2011, com a homologação de uma licitação. E devido a sua complexidade, vai ser finalizado com o valor de R$ 230 milhões. Isso aqui faz parte de um programa, que se chama Obra Inacabada Zero. No início de 2015, eram mais de 214 obras. O Aquário tem suas especificidades. Teve judicializações, questionamentos. E a questão de certo ou errado cabe à Justiça definir”, afirmou o governador na ocasião.

O governador reafirmou que se fosse possível escolher, não investiria tanto recurso no Aquário, diante da necessidade de investimentos em hospitais, escolas e na Caravana da Saúde.

“Mas cabe a nós concluir a obra dentro do cronograma. E é importante a sociedade acompanhar. É uma obra de extrema complexidade. São cinco milhões de litros de água, automação, suporte à vida, museu interativo e, principalmente, a operação. A gente não vai deixar aqueles esqueletos de obras que consomem o dinheiro público”, ponderou.

Entenda – O Aquário do Pantanal teve suas obras iniciadas no primeiro semestre de 2011, no segundo mandato do ex-governador André Puccinelli (MDB), Com previsão de custar R$ 84 milhões, a construção passou por diversos impasses e denúncias de mau uso de recursos públicos, incluindo na Operação Lama Asfáltica, e culminaram no atraso das obras e elevação dos custos para mais de R$ 230 milhões.

Com aproximadamente 19 mil m² de área construída, o Aquário contará com 33 tanques, sendo 23 internos e 8 externos, além de 1 tanque de abastecimento e 1 tanque de descarte de efluentes, totalizando um volume de 5 milhões de litros de água.

Nos siga no Google Notícias