A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

18/08/2014 10:54

Santa Casa mantém restrição e 11 ainda aguardam cirurgia na ortopedia

Aline dos Santos
Santa Casa mantém restrição a novos pacientes desde o dia 12 de agosto. (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)Santa Casa mantém restrição a novos pacientes desde o dia 12 de agosto. (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

A Santa Casa mantém a restrição a novos pacientes no setor de ortopedia e, na manhã desta segunda-feira, são onze pessoas à espera de cirurgia. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a direção fará reunião à tarde para decidir se volta a receber pacientes.

O veto a entrada de novos pacientes perdura desde a noite de 12 de agosto. Eram 42 pessoas na fila de espera, sendo quinze em estado grave, com politraumatismo ou fratura exposta. A superlotação foi atribuída ao grande número de acidentes de trânsito.

A situação de caos levou a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) a ampliar o número de leitos no Hospital Adventista do Pênfigo, que possui convênio com a Prefeitura para atendimentos de baixa complexidade. A oferta passou de seis para dez leitos.

O HU (Hospital Universitário) também começou a receber pacientes que eram destinados à Santa Casa e para as UPAs (Unidade de Pronto Atendimento). Na manhã de sábado, conforme a Sesau, o HU atendeu 15 pacientes da média e alta complexidade.

O CRM/MS (Conselho Regional de Medicina), emitiu alerta para o risco de sequelas e até morte de pacientes enquanto aguardam por cirurgia na Santa Casa.

Na última sexta-feira, o MPE (Ministério Público Estadual) cobrou agilidade da Prefeitura de Campo Grande e estipulou prazo de 10 dias para o fim das internações em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e postos 24 horas.

HU entra na operação para desafogar Santa Casa
O Hospital Universitário de Campo Grande já está recebendo pacientes que eram destinados para a Santa Casa e para as UPAs. Só pela manhã já foram ate...
Santa Casa é condenada a pagar R$ 100 mil por morte de criança de 11 anos
A Santa Casa foi condenada a pagar uma indenização R$ 100 mil pela morte de uma criança, de 11 anos, por hemorragia interna gerada pela perfuração de...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions