ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Segurança é reforçada na JBS e funcionários têm rotina alterada na vinda do Lula

Medo é que o trecho da rotatória até o acesso do frigorífico seja interditado

Por Kamila Alcântara e Geniffer Valeriano | 11/04/2024 14:44

Ambulâncias, carros do Batalhão de Choque da Polícia Militar e da Polícia Federal, motos do Exército e militares enchem o estacionamento do frigorífico JBS, localizado no início da BR-060, em Campo Grande, na tarde desta quinta-feira (11). Os preparativos para a chegada do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) muda a rotina até dos funcionários, que ainda não sabem como será a manhã desta sexta-feira (12).

O Campo Grande News esteve no local e acompanhou a movimentação das equipes de segurança e resgate. Enquanto o palco e o espaço da cerimônia tomam forma, testemunham disseram que houve uma espécie de "ensaio" das posições de cada integrante das forças de segurança e socorro médico.

No frigorífico, embora nesta quinta-feira o trabalho esteja mantido, o setor de Recursos Humanos suspendeu novas contratações e exames admissionais. Os convocados estão sendo orientados a voltar na segunda-feira (15).

Motos da Polícia do Exército no esquema de segurança para visita do presidente Lula (Foto: Alex Machado)
Motos da Polícia do Exército no esquema de segurança para visita do presidente Lula (Foto: Alex Machado)

Com toda essa movimentação, a maior preocupação dos trabalhadores é acessar o local. Há possibilidades de o trânsito ser fechado – da rotatória que fica no fim da Avenida Gunter Hans até o viaduto da indústria, cerca de um quilômetro de distância –, na manhã desta sexta-feira, já que a agenda do presidente no frigorífico está marcada para as 10h (horário local).

Mesmo presente no local, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) não confirma a interrupção no tráfego. Todas as informações a respeito da segurança estão sendo mantidas em sigilo.

Os policiais não podem responder, por exemplo, se Lula deixará a Base Aérea por terra ou pelo ar, embora haja indícios que o trajeto será feito pelas ruas de Campo Grande, já que batedores e veículos descaracterizados da PF e do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência participaram do reconhecimento de campo e testes feitos nesta tarde.

A distância entre a Base Aérea de Campo Grande, onde normalmente o avião presidencial pousa, e a unidade 2 da JBS na Capital é de 14 km, cerca de 23 minutos de carro.

A visita a Mato Grosso do Sul faz parte de um giro por estados brasileiros para aproximação do setor econômico. Em março, o presidente esteve em Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Pará, e em abril já viajou para o Nordeste e Goiás.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias