A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/05/2011 18:39

Sem ação específica, Polícia conta com população para fiscalizar Luna

Nadyenka Castro

Qualquer pessoa pode denunciar

Cristhiano escondeu o rosto ao sair de delegacia onde prestou depoimento em março. (Foto: João Garrigó)Cristhiano escondeu o rosto ao sair de delegacia onde prestou depoimento em março. (Foto: João Garrigó)

Sem ações específicas para fiscalizar se Cristhiano Luna, acusado de matar Jefferson Bruno Escobar, vai cumprir todas as determinações do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) para se manter em liberdade, a Polícia conta com a ajuda da população.

De acordo com a assessoria de imprensa da Sejusp (Secretaria de Justiça de Segurança Pública), não foi recebido nenhum ofício solicitando ação específica para este caso.

O que a Polícia irá fazer é, em caso de recebimento de denúncia, ir até o local indicado e averiguar a situação. E se for constatada infração à alguma das regras impostas, Cristhiano será preso.

De acordo com a assessoria do desembargador Manoel Mendes Carli, relator do pedido de habeas corpus que soltou Cristhiano, qualquer pessoa pode fazer denúncias à Polícia ou então encaminhá-las ao juízo responsável ou ao Ministério Público Estadual.

Em caso de flagrante, é importante o denunciante fazer imagens (vídeo e/ou foto) ou anotar nome, telefone e endereço de testemunhas.

O juiz responsável pelo processo, Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, declara que podem ser expedidos mandados de constatação sem aviso prévio.

Nestes casos, policiais e/ou oficiais de Justiça vão ao local determinado pelo juiz para averiguar se as condições impostas estão sendo cumpridas.

 Sem ação específica, Polícia conta com população para fiscalizar Luna
 Sem ação específica, Polícia conta com população para fiscalizar Luna

O caso- O bacharel em Direito é acusado de matar o segurança conhecido como Brunão em uma casa noturna de Campo Grande, na madrugada do dia 19 de março.

A vítima era segurança do local e tirou Cristhiano do interior do local após ele ter se envolvido em confusão. O réu resistiu e na calçada do estabelecimento houve uma briga entre ele e Brunão, que passou mal após receber um soco e morreu em seguida.

Em depoimento à Polícia Civil, ele chorou e disse que não tinha intenção de matar o segurança. Ele foi indiciado inicialmente por lesão corporal seguida de morte, mas, para a Polícia e para o Ministério Público Estadual, as investigações indicaram que ele quis matar Brunão, sendo então responsabilizado por homicídio doloso.

Cristhiano foi preso horas depois e só foi solto na última segunda-feira por determinação do TJ/MS, que impôs condições para a soltura. Caso descumpra alguma das regras volta à cadeia.



NOTÍCIA HILARIANTE!!! KAKAKAKAKA!!! A JUSTIÇA LIBEROU ESSE MARGINAL E AGORA A POPULAÇÃO É QUE TERÁ QUE VIGIÁ-LO!!! MUITO BOA!!! VIVA A JUSTIÇA BRASILEIRA!!!
 
EDWARD DE OLIVEIRA em 05/05/2011 07:47:41
Tenho uma ótima idéia para tudo isso, pega o segurança valentão das lojas Americana e pôe ele e o Cristhiano em uma sala de preferencia da prisão, pra ver quem pode mais e joga também um pouco de ração para dois como recompensa.
Isso sim a populção iria gostar.
 
Katarine Pinheiro em 05/05/2011 03:06:05
Legal Campograndenews, divulgue mesmo, imagine o numro de leitores que irão ficar de olho nesse pitbullzinho raivoso
 
luciana Coelho em 04/05/2011 10:34:52
Tudo sobra para a população.Temos tanto o que fazer e agora temos que vigiar o Luna!
É só o que faltava...
 
Dilamar A. Lopes em 04/05/2011 09:28:53
ISSO MESMO PULSEIRA NA "CANELA" DELE.......KKKKKKK
 
GILMAR CANDIDO em 04/05/2011 09:25:11
coloquem uma pulseira na canela dele então.....eita perseguição!!!!!
 
GILMAR CANDIDO em 04/05/2011 09:24:17
Escutem o que eu digo a polícia prendeu, a justiça mandou soltar. O assassino em liberdade vai dar trabalho, isso se não fugir caso seja condenado, aí a justiça emitirá mandato de busca e apreensão, ou seja, põe a polícia pra procura-lo, gastar combustivel, investigar, procurar quem eles ja tinham em mãos. Aí outros casos vão acontecendo, esse vai ficando escondido, aplicam uma pena blanda pois afinal o réu é gente boa, arquivam o caso. FINAL DE TUDO É NADA.
 
edilson pereira da silva em 04/05/2011 08:52:04
*Pode tomar suco de frutas...
*Ir a missa (domingo de manhã a noite não pode!!),
*Confraternizações??? Não pode? Nem Natal? Nem dia das mães? Nem dia das bruxas???
... Brasil.... meu Brasil brasileirooooo!!!!!!!
Isso tudo é uma piada!!!
Aqui é assim: Manda quem tem grana, morre (trabalhando) quem é pobre!!!!
 
Luciana Melo em 04/05/2011 08:04:15
Está parecendo que não querem JUSTIÇA e sim VINGANÇA.....

A JUSTIÇA ESTÁ SENDO FEITA.......

SÓ DE TER FAMA DE ASSASSINO JÁ PESA....CALMA GENTEMMMMMM......
DEUS SABE O QUE FAZ.....
 
GILMAR CANDIDO em 04/05/2011 08:03:21
Ok.
Vamos imprimir os "pode" e os "não pode" junto com a foto e distribuir na Afonso Pena junto aos jornais no domingo pela manhã?
Vai também ser colocado quanto "vale" caso alguém o flagre? Tipo "recompensa" dos antigos filmes de faroeste?
Terá algum telefone de alguém que atenda, caso ultrapasse o horário limite?
Por gentileza, queiram detalhar melhor ao dotÔ toridade?
 
Orlando Lero em 04/05/2011 07:59:59
Pessoal vamo fica na cola desse individuo...
isso ai é capaz ate de bater nos pais..mal carater..que tipo de advogado ou outra autoridade a sociedade iria ter vindo deste cidadão.que cursava direito..
indignado....
 
ambrosio marques em 04/05/2011 07:11:02
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK é Brasil!!!!
 
cristiana rosa em 04/05/2011 06:56:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions