A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/05/2011 18:59

TJ proíbe Cristhiano Luna de ir a casas noturnas e ingerir bebidas alcoólicas

Nadyenka Castro

Ele também não poderá lutar jiu-jitsu

Cristhiano Luna escondeu o rosto ao sair de delegacia após depoimento. Ao lado dele, o antigo advogado. (Foto: João Garrigó)Cristhiano Luna escondeu o rosto ao sair de delegacia após depoimento. Ao lado dele, o antigo advogado. (Foto: João Garrigó)

Em liberdade por determinação do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o bacharel em Direito Cristhiano Luna de Almeida, acusado da morte do segurança Jefferson Bruno Gomes Escobar, em uma casa noturna de Campo Grande, terá que cumprir várias regras para se manter fora da prisão.

As determinações foram impostas pelo Segunda Turma Criminal, responsável pela concessão do alvará de soltura, e se não forem cumpridas, Cristhiano Luna volta à cadeia.

Conforme relatório do desembargador Manoel Mendes Carli, o jovem de 23 anos fica proibido de “frequentar casas noturnas, bares, boates, raves, exposições e estabelecimentos similares, bem como qualquer festa, seja em local residencial ou comercial, baladas, confraternizações, shows, jogos, amistosos e clubes de luta. Com isso, ele não poderá mais fazer as aulas de jiu-jitsu.

O desembargador determinou ainda “a proibição de ingestão de bebida alcoólica”. O jovem também não pode chegar em sua residência após às 22 horas e ausentar desta comarca sem prévia comunicação e autorização do juízo processante.

Cristhiano Luna fica obrigado a comparecer a todos os autos do processo sempre que solicitado e manter atualizado seu endereço.

Liberdade- No relatório, o desembargador Manoel Mendes Carli afirma que os argumentos utilizados pelo juiz Aluízio Pereira de Souza, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, não são mais suficientes para a manutenção da prisão do réu.

De acordo com o relatório do desembargador, o juiz declarou ao TJ que manteve Cristhiano Luna preso devido “a necessidade da segregação cautelar para a garantia da ordem pública, porque paciente reiteradamente se envolve em brigas, possui outros processos, mostrando reiteração na prática criminosa e fugiu do local dos fatos, havendo necessidade de se garantir a aplicação da lei penal”.

Em seu documento a favor da concessão de liberdade a Cristhiano, Manoel Mendes Carli declarou. “No entanto, a gravidade do delito, insegurança causada na sociedade e/ou clamor social causado pelo mesmo, não são motivos idôneos para a mantença da segregação cautelar do paciente”.

O desembargador também cita. “Anote-se ainda que o paciente não possui nenhuma condenação com trânsito em julgado, não havendo o que se falar em reiteração criminosa. Aliás, curiosamente, de acordo com as anotações do SAJ, este é o único processo contra o paciente, pois a suposta agressão cometida pelo paciente contra Rafael de Freitas Mecchi está na fase inquisitorial, não havendo ainda nenhum processo-crime.”

O crime- Jefferson foi morto ao retirar Cristhiano da casa noturna onde ele havia se envolvido em confusão. Vídeos mostram que o segurança foi agredido pelo bacharel em Direito e que foi feita massagens cardíacas nele após ter levado um soco.

Cristhiano saiu do local e foi preso horas depois quando caminhava nas proximidades de sua residência.

Ele foi autuado em flagrante por lesão corporal seguida de morte, no entanto, após oitiva de testemunhas e análise das imagens, a Polícia Civil o indiciou por homicídio doloso (com intenção de matar).

O Ministério Público Estadual e a Justiça, inicialmente, tiveram o mesmo entendimento e ele pode ser levado a júri popular.

Em depoimento à Polícia Civil ele chorou, admitiu que havia ingerido uma garrafa de vodka e falou que não tinha intenção de matar Jefferson.

Cristhiano teve o pedido de liberdade negado em primeiro grau e o habeas corpus em caráter liminar também.



Que triste essa decisão, na verdade só perde é quem morre, pois aquele que ficou vivo com certeza esta comemorando e muito com seu dinheiro que o faz um cidadão privilegiado, só espero que este menino não esqueça que tem uma justiça divina que o dinheiro não compra e com essa aí o bicho pega, pois Deus diz assim: quem planta colhe, quem com sangue fere, com sangue será ferido entre outra coisas.
Oh galera , muitos falaram que o Advogado é bom, tem sobrenome de peso, mais não tem peito de aço, como o próprio Cristhiano, sempre tem alguém para acabar com essa festa.
lembra-se do que aconteceu com o Willian Maksoud? tanto defendeu bandidos que os mesmos deram fim nele.
 
Katarine Pinheiro em 04/05/2011 09:37:00
viu gente... fica dado o recado... vc que tem um pouco de grana: - se alguem pular o muro da sua casa, mete bala... - se fizerem qq coisa com seu filho ou parente proximo, mete bala... - se nao for com a cara de alguem, mete bala... no final da nisso mesmo... anotem o nome do advogado dele e chama para representa-lo... nao vai dar em nada mesmo
 
Victor Hugo em 03/05/2011 12:36:26
TJ PROIBE??? Desde quando a justiça proibe alguma coisa, não é capaz nem de punir um assassino vai proibir alguem, quem vai cuidar?? Quando matarem esse Christiano, ai vai ser injustiça, ai vão prender alguem por vingança, motivo torpe é isso ai Brasil pobre morre e rico vive na boa, gastando o dinheiro do pobre que estava tentando ganhar a vida. Aproveita e vamo matar enquanto "pode" vai que UM DIA a justiça muda ai vamos presos.
 
josé carlos em 03/05/2011 12:12:08
O que o dinheiro nao faz...colocar um criminoso solto...ta na cara que ele vai sumir de campo grande e com aval da justica que e falha em nosso pais...E O BRASIL DA IMPUNIDADE.....
 
Josiene Margarett Corvalan em 03/05/2011 12:09:44
Só isso??!!!! Ao invés de fazer justiça vai disciplinar uma pessoa dessa? não concordo com isso, não mesmo. O rapaz tira a vida de um trabalhador que nunca fez mal a ninguem e é essa penitência que ele recebe. Queremos justiça
 
jaaziel ferreira duarte em 03/05/2011 12:09:16
cabe a cada cidadao honesto desta capital ficar com uma camera na mao, e assim que ver o assassino nas ruas filma-lo, fotografa-lo, e se fizer algo errado encaminhar a injustica, ops quer dizer justica, mas tome muito cuidado, pois o mesmo e seus coleguinhas podem nao gostar muito.
 
jose carlos em 03/05/2011 11:18:42
Agora te pergunto seu juiz, se fosse seu filho que esse vagabundo tive se mantado??
Isso é uma vergonha,queria ver se vc ia fazer a mesma coisa se ele matasse seu FILHO..
 
edson pereira em 03/05/2011 09:55:12
É cada pensamento absurdo ao qual vejo sob essa manifestação de repudio a decisão ministrada pela Turma de Desembargadores do TJ, finalmente ai sim foi feita a justiça, caso em que o poder judiciário nao se intimida com a pressão da mídia para efetuar a sua sentença. E o incrível são pessoas sem embasamento jurídico algum dizendo esses comentários, quantos erros judiciais atualmente não acontece? Porque? Pela pressão da mídia que nao estão preocupados em trazer a notícia garanto a todos, e sim com o objetivo principal de lucrarem, o rapaz errou? Sim com certeza, não estou defendendo ninguém, mas que cada um seja julgado de acordo com a sua culpabilidade e que possa ser garantido todos os direitos de defesa como todos nós possuimos... Um dia poderemos precisar pois o futuro é imprevisivel. Monstro? A pessoa que condena outra com tanta vingança assim, nao esta tao longe de ser um monstro não. A pessoa errou e vai ser julgada...
 
Higor Oliveira em 03/05/2011 09:40:22
Por que a Justiça é responsável pela violência no Brasil?
Taí a resposta.
Falta de coragem, incompetência, falta de comprometimento com a sociedade.
Vão dizer que é réu primário... que tem residência fixo... bons antecedentes....
Acontece ilustres magistrados é que ele NÃO FOI JULGADO. Mas já deveria ter sido. Na mesma semana, enquanto estava em prisão preventiva.
Mas vocês são preguiçosos, incompetentes para julgar todos os processos que estão acumulando no TJ e nos Fóruns. Então é mais fácil soltar PARA RESPONDER O PROCESSO EM LIBERDADE. Isto virou sinônimo de impunidade e dá causa a toda violência.
Talvez se tivesse sido julgado o acusado seria reintegrado na sociedade.
Mas por causa de vocês, ilustres magistrados, será um reincidente como tantos outros. Até que alguém faça justiça com as próprias mãos. Ou seja. Salve-se quem puder. E a Justiça...
 
Luiz Carlos de Oliveira em 03/05/2011 09:36:13
Infelizmente, isto é BRASIL...
As leis são cumpridas somente por quem tem menor poder aquisitivo....Lugar de criminoso é na Penitenciária!
 
margareth de lima maia em 03/05/2011 09:09:47
proibiu de ir a casas noturnas; de ingerir bebidas alcólicas e lutar jiu-jitsu. faltou só o TJ obrigar o individuo a devolver a vida do jeferson bruno. mas como isso é impossivel, deveria ser mantido na cadeia, porque lá é o lugar dele, e com certeza na cadeia ele não vai ter como ir a boates; ingerir bebida alcólica e lutar jiu-jitsu.
 
jose fernando em 03/05/2011 09:08:57
E agora quem vai conferir tudo isso kkkkkkkk e d rir ,, palhaçada ele tirou uma vida, nosso sistema tem que mudar coloca esse play boy na cadeia ,,, se fosse pobre estaria preso sem direito nem a julgamento ... precisamos mudar o sistema
 
DORIVAL ACOSTA em 03/05/2011 09:03:31
Quando as forças armadas assumiu o comando do país estava desta forma, uma bagunça geral, violência pra todos os lados dep. sen. deitando e rolando fazendo o que é melhor pra si, e mandando o povo pra marginalidade. Já estou com saudade da DITADURA E DO AI-05 porque tinhamos segurança e justiça.
 
Felipe Salinas em 03/05/2011 08:54:06
Com certeza se fosse um filho desse juíz, que tivesse sido morto por esse sujeito,
a história seria outra né....mas, como foi um simples trabalhador que se foi, tá tudo certo
né seu juíz....ou seja, aqui no BRASIL quem tem dinheiro tem tudo...que vergonha.....
 
Rosangela Carvalho em 03/05/2011 08:45:06
Não estou acreditando nisso! claro que a mãe do meliante fez de tudo para livrar este delinquente da cadeia,no proximo domingo eles estarão reunidos no dia Das Mães em possivel almoço de familia. Ja a "Pobre Mãe" da vitima....como será o dia para ela? heim sr Desembargador? nos responda esta questao por favorr.
 
Guilherme Roberto Ribeiro em 03/05/2011 08:43:05
Sr. Juiz... se fosse o contrário, o segurança matado o pleiboizinho, será que a justiça tinha soltado ele???????
Eu nem conheço o rapaz (segurança morto) e fiquei revoltadissíma....imagine a mãe dele...que presente de dia das mães o Sr. deu a ela....o Sr. tem mãe???????
 
Margarida Nascimento em 03/05/2011 08:38:42
Algum tempo atrás, uma criança foi morta por um assassino frio aqui mesmo na capital, lembram? Deixaram o louco respondendo em liberdade, o louco foi condenado e o que aconteceu? ele fugiu e nunca mais. Já vi este filme, a história vai se repetir se alguém não fizer alguma coisa.
 
EDER LISTON ARZAMENDIA em 03/05/2011 08:32:11
Realmente é lamentável,mas já viram aquela frase " proibido é mais gostoso", claro que ele num vai virar santo agora por causa das proibições, porém vamos acreditar que esse tempinho na cadeia tenha no minimo feito ele crer que a vida de alguem vale mais que um copo de cachaça.
 
Elaine Gomes em 03/05/2011 08:27:36
Na pratica ele teve autorização para matar e fazer arruaça. O crime compensa pra quem tem dinheiro e pode pagar advogado famoso. Essa justiça do Brasil e do MS é um LIXO.
 
carlos alberto em 03/05/2011 08:24:08
A unica maneira de proibir um jovem com este perfil de fazer tudo que lhe foi imposto é preso, vamos começar a contagem regressiva para ver quando sera o proximo delito...
 
Paulo Celso em 03/05/2011 08:16:40

Quando alguem desiquilibrado, incapaz de viver na sociedade sem cometer violencia como este cidadao sempre fez ; e aprontar de novo; quero ver o que esta Turma do Tribunal de Justiça ira dizer. Se fosse crime cometido contra qualquer um dos filhos destes, gostaria de saber se o desfecho seria este, se o rapaz estaria solto e coberto de todas estas "PROIBIÇOES ". Como se probir somente seria a certeza do nao fazer!!!
 
Renato Dutra em 03/05/2011 08:15:34
não conheço nem um dos dois envolvidos mas dúvido que se o acusado fosse pobre estaria solto e o que é um pouco pior olhem onde ele trabalha certamente deve ter alguma influência forte para estar solto em tão pouco tempo parabéns para nossas altoridades aff.
 
josé roberto em 03/05/2011 07:50:18
NÃO FALEI QUE TUDO IA ACABAR EM PIZZA
 
rafael trefzger de melo em 03/05/2011 07:37:43
Uma coisa eu não entendo !!! o que é que este advogado tem ??? será que é um excelente estudioso, um excelente advogado que ninguem conseque derrota-lo nos tribunais ?? é uma vergonha para os outros colegas de profissão, é por esse motivo que para contrata-lo tem que ter grana !! mais muita grana mesmo !!! advogados !! vão estudar !!! para que esse criminosos não fiquem impune !! a justiça não é pra todos !!! é pra poucos....
 
vitor eduardo cesar rojas em 03/05/2011 07:34:43
E se ele não cumprir as recomendações?deve-se prender quem?o desembargador?os advogados?ou fica como sempre?pizza?qual sabor?justiça?
 
nilson franco de oliveira em 03/05/2011 07:29:09
É por isso que odeio a justiça desse país, se é que há justiça! Bando de hipócritas, Esse cara no mínímo deveria ficar uns 15 anos preso para aprender a lhe da com as pessoas e rever suas últimas atitudes que destruiu uma familia inteira com a morte do Brunão!
Essas condições de liberdade para esse cara que ouso citar o nome, é por que ele não é filhinho de papai? E se fosse um pobre coitado que não teria condições de arcar com um bom advogado,teria essa mesma regalia ???
 
Flávio Silva em 03/05/2011 07:26:55
Isto é muito bonito no papel e faz a sociedade pensar que medidas enérgicas estão sendo tomadas em relação a este rapaz. Como farão para controlar o comparecimento ou não do mesmo nas referidas festas e eventos? Terá alguém controlando a entrada e saída dele em casa para ver se está por lá dpois das 22hs? E o consumo de bebida alcólica? A sociedade espera que este rapaz seja realmente punido e que este não seja mais um caso envolvendo "filhinho de papai" que fica por isso mesmo.
 
Gladis Caramalac em 03/05/2011 06:20:53
parabens tj/ms ,por ter colocado este bandido nas ruas de novo, a vida não vale nada
pra vocês,já pensou se ele estivesse matado um ente querido seus qual seria a reação de vocês....parabens tj/ms, so falta vocês colocar o morto na cadeia por que
para vocês uma vida humana não vale nada ok

 
antonio alves avelino em 03/05/2011 03:02:42
A Polícia cumpre seu papel de prender e servir a população dignamente, tão como os agentes penitenciários, correto? O Magistrado ( Juiz ), aplica e Lei em cada caso, pois estes não podem proferir uma sentença fora do principio da legalidade ( Dentro da Lei ), muitas vezes indo contra os anseios subjetivos, em nome da própria Lei; Então um cidadão com senso crítico deve observar que os operadores do judiciário, somente cumprem seus papéis e a culpa desta vala tão larga é da própria Lei, mal elaborada, mal pensada, arcaíca e desatualizada; E quem elabora a Lei? Eis a questão. São aqueles que NÓS colocamos lá, por intermédio de uma democracia hipócrita, aqueles que aumentam seus salários em 65%, tem um piso de 15 mil reais, mais 60 mil de verba de gabinete, mais passagens aéras, celular livre, combustivel, hospedagem,alimentação dentre outros mimos patrocinados por nós, que damos a cara a tapa diariamente nas ruas, trabalhando e produzindo e acautelando se e privando se de muito, por que esta mesma Lei, elaborada por estes mesmos indvíduos acima citados, beneficia aquele que mata, rouba, trafica etc, e quando a nossa saudosa Polícia mata, emprega uso da força, ou nossos Magistrados, acham fundamentos nestas mesmas Leis e proferem sentenças árduas, são eles quem não prestam, quando na grande verdade, precisamos colocar a mão na consciência e ver que o único e culpado disto tudo somos nós mesmos que colocamos esta gente no poder, para legiferar e administrar a máquina; Espelhamo no povo da Alemanha, que ao ventilarem a hipótese de seu primeiro Ministro ter plagiado "MEIA" linha de sua monografia universitária, isso a mais de décadas passadas, exigiu que o mesmo se retratasse e se explicasse, evento que o mesmo o fez e ainda renunciou o cargo em respeito aquela população, para não colocar em cheque a soberania daquele Estado (País), ou seja, vejam meus prezados amigos, que exemplo de dignificação democrática, e nós? Nos vendemos por apertos de mão, sorrisos, promessas, combustiveis, cestas basicas, cargos, tudo no jeitinho brasileiro, equanto isoto nos bastidores do poder, vidas, Leis são elaboradas, julgadas e decididas aos finais de semana e continuam a aumentar a vala e acalha estes eventos tristes, onde a Polícia, O Juiz e a população padecem, principalmente os pais e amigos do trabalhador morto, que tambem honrava com seus impostos e tributos para onerar os luxos desses canalhas legislativos e executivos, elaboradores destas Leis que deixaram sua morte ser tratada quase que impune.
Vamos acordar Brasile Campo Grande, acabaremos com isso não atacando a Polícia e o Judiciário, mas sim , nas urnas.
 
luciana Coelho em 03/05/2011 01:57:31
É e tudo continua como dantes, LIVRE PRA MATAR, fazer o que, tem dinheiro tem QI minha gente, partiu meu coração ver a Marina falar do Bruno, que Deus conforte o coraçãozinho dessa vó. Mas pode crer as leis são falhas, mas nós vamos ver a justiça Divina agir. Só espero que o animal não va fazer cursos no exterior né.
 
silvia dos santos pereira em 03/05/2011 01:02:14
PELO MENOS UMA PESSOA SENSATA COMO O DR MANOEL MENDES CARLI. APLICA O PRINCIPIO CONSTITUCIONAL QUE NINGUÉM SERÁ CONSIDERA CULPADO SEM O DEVIDO PROCESSO LEGAL, POIS SE DEPENDESSE DA IMPRENSA O CRISTIANO JÁ TERIA IDO PARA CADEIRA ELÉTRICA.
 
ANDRE CARLOS em 02/05/2011 10:25:30
E o desembargador tbm designou um detetive pra ficar atrás dele...hahahaha...ta certo mesmo proibido de beber e sair pra festa quero ver se isso será cumprido ????
TRIBUNAL SEM JUSTIÇA DE MATO GROSSO DO SUL...
QUE VERGONHA SENHORES DESEMBARGADORES...
ESTÁ OCORRENDO A CHANCELA DA AGRESSÃO INJUSTA...COMO ASSIM ???
UM LOUCO INCOVENIENTE, MALANDRO, MATA INOCENTE E PODE FICA EM CASA AGUARDANDO AS DECISÕES...VO TE CONTA HEIMMM...
ESPERO QUE O DR ALOÍZIO MOSTRE AOS DESEMBARGADORES O QUE É JUSTIÇA...EU NÃO DEIXEI DE ACREDITAR !
 
Mayara Gonçalves em 02/05/2011 09:27:29
Mas que gracinha este juiz Manoel Mendes Carli, deu a soltura a um assassino, de certo porque não foi o filho dele que este monstro matou. Se você pegada prisão perpetua, apesar de não existir aqui neste país q pode tudo. Todos sabiamos q este assassino ficaria impune. O pai tem dim dim. Pq. então o assaltante da casa do Sr. prefeito, q não matou ninguem continua preso? Começo a achar q realmente vamos ter q começar fazerjustiça com as próprias mãos. Minha nota 0 a este juiz.
 
magali santana em 02/05/2011 09:09:47
Quem garante que vai cumprir as regras impostas?Ele será policiado noite e dia?Imaginem se ele vai ficar condicionado às regras?Quem tem dinheiro tem a justiça do seu lado!Isso é só para justificar a sua soltura,para que as pessoas pensem que será punido.Vai sair e com certeza irá comemorar com muita bebida e farra.È lamentável!
 
Dilamar A.Lopes em 02/05/2011 08:13:18
SÓ ISSO? PROIBIR O DELINQUENTE DE IR A CASAS NOTURNAS E BEBER? ELE TINHA QUE ESTAR EM PRISAO DOMICILIAR E SER PROIBIDO DE SAIR PRA RUA APOS AS 18H ATE AS 6HS DA MANHA. ATE APRENDER A CONVIVER COM CICADAOS DE BEM. EU ACHO QUE O TJ FEZ ESA PROIBIÇÃO PRA ALGUEM DIZER.. NOSSA COMO NOSSA JUSTIÇA É RIGIDA HEIM. O CARA É UM BANDIDO, VOCES DO TJ NAO SE TOCARAM AINDA DISSO. QUANTO MAIS ELE TEM QUE MATAR OU AGREDIR?
 
LUCIANO MARQUES em 02/05/2011 08:08:37
pelo menos isso,mas vai ter um policial ou uma autoridade competente pra verificar essas
exigências? é claro que não então é só mais um blá,blá,blá,só pra encher linguiça.
 
elias alonso da silva em 02/05/2011 07:40:35
Uma piada né???se hoje tivemos um começo de "rebelião" dentro de uma penitenciaria de nossa capital,com todo os "aparatos",como nosso grande e valioso "Judiciario",pretende que este cidadão cumpra todos estes "quesitos"????seria comico ,se não fosse trágico...",o jovem de 23 anos fica proibido de “frequentar casas noturnas, bares, boates, raves, exposições e estabelecimentos similares, bem como qualquer festa, seja em local residencial ou comercial, baladas, confraternizações, shows, jogos, amistosos e clubes de luta. Com isso, ele não poderá mais fazer as aulas de jiu-jitsu"????é mesma coisa da "Lei seca"todos que dirigem estão "proibidos de beber",rsrsrssr.faça me o favor né Autoridades.
 
cristina mends em 02/05/2011 07:38:15
Meritíssimo,
Isso é um incentivo pra que outros cometam delitos, pois se um que matou fica em liberdade, a impunidade está solta.
 
marcos alberto vieira em 02/05/2011 07:24:11
rapaiz o juiz so nao proibiu ele de matar mais ninguem , o cara nao pode fazer nada.
 
luiz fernandes em 02/05/2011 07:04:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions