A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/03/2014 09:07

Sem vagas na escola, crianças ficam um ano sem estudar na Capital

Filipe Prado
Rosiene não consegue vaga para seus filhos há mais de um ano (Foto: Cleber Gellio)Rosiene não consegue vaga para seus filhos há mais de um ano (Foto: Cleber Gellio)

Sem vagas em escola, crianças ficaram mais de um ano sem estudar e pais estão desesperados com a situação. Os moradores do Jardim Vida Nova relataram que na escola municipal Nerone Maiolino também não há vagas para jovens e adultos no EJA (Educação de Jovens e Adultos) e no ensino regular.

A dona de casa Rosiane Conceição da Costa, 23 anos, se mudou em 2013 para o Nova Vida. Ela morava em uma fazendo e se foi para Campo Grande, para tentar uma vaga para três dos seus quatro filhos em uma escola. Mas até hoje ela não conseguiu matricular João Vitor, 11, Erika, 6, e Carolaine, 3.

“Eles alegam que não há vagas na escola. Já fui à central de matrículas, mas eles me relataram que só há vagas no corredor do Nova Lima, porém é muito longe da minha casa”, explicou a dona de casa.

Ela contou que está tentando conseguir a vaga e teme que o conselho tutelar retire a guarda de seus filhos. “Meu marido está desesperado. Nós já assinamos vários papéis na escola e até hoje não conseguimos nada. Eu preciso desta vaga, pois meus filhos estão sem estudar desde 2013”, comentou Rosiane.

 

Os netos de Maria José demoraram três meses para conseguir vaga na escola (Foto: Cleber Gellio)Os netos de Maria José demoraram três meses para conseguir vaga na escola (Foto: Cleber Gellio)
Jacione não conseguiu vaga para o EJA e para o ensino regular (Foto: Cleber Gellio)Jacione não conseguiu vaga para o EJA e para o ensino regular (Foto: Cleber Gellio)

Os netos da dona de casa Maria José de Oliveira, 68, hoje conseguiram uma vaga na escola, mas custou muito esforço dos pais. “Aqui eles tem que brigar por uma vaga na escola. Nós tivemos que ir à assistência social para conseguir colocar meus netos na Nerone Maiolino”, relatou.

Eles ficaram cerca de três meses sem poder ir a escola, pois não havia vaga para eles. “Tanta criança que precisa de vaga aqui no bairro e eles falam que não tem”, desabafou Maria José.

Mas a falta de vagas também atingiu quem precisa voltar aos estudos. A dona de casa Jacione Cherni, 30, disse que deseja terminar o ensino fundamental e médio, porém não consegue vaga. “Eu tenho o interesse de terminar meus estudos, mas não consegui vaga no EJA, então tentei uma vaga no ensino regular, porém eles disseram também não tem”, comentou indignada.

As donas de casa contaram ao Campo Grande News que a falta de vagas é causada pela grande quantidade de alunos que estão matriculados na escola, mas não às aulas ou que moram em bairros distantes, porém frequentam a escola do Nova Vida. “É uma situação revoltante. Eles falam que iriam conseguir a vaga. Fico encabulada com isso”, disse Rosilene.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions