A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/07/2015 15:05

Servidores do Judiciário fazem "buzinaço" cobrando reposição da inflação

Ricardo Campos Jr.
Servidores reivindicam reajuste de 59% (Foto: Marcos Ermínio)Servidores reivindicam reajuste de 59% (Foto: Marcos Ermínio)

Servidores do Judiciário Federal fizeram um “buzinaço” em frente ao Fórum do Trabalho de Campo Grande, nesta segunda-feira (20), cobrando a sanção da lei que concede a reposição inflacionária à categoria. A presidente Dilma Rousseff (PT) tem até amanhã para aprovar ou vetar o texto.

Cerca de 40 pessoas participaram do movimento. Alguns motoristas foram solidários aos trabalhadores e buzinaram para aumentar o barulho do ato.

Segundo o oficial de Justiça Francisco Demontiê Gonçalves, membro do Sindjufe-MS (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal e Ministério Público da União em Mato Grosso do Sul), a classe não recebe a correção desde 2006.

“Estamos reivindicando 59,5% de reposição. O montante está alto pelo tempo sem reajuste. Hoje é um dia para chamar a atenção para que a presidente não vete o projeto de lei. Existe um boato de que ela iria vetar. Se até amanhã ela não se manifestar, o texto é sancionado automaticamente”, explica.

Paralisação – Segundo o Sindjufe-MS, o movimento teve adesão de 80% da categoria, o que representa cerca de 250 servidores em todo o estado. A greve completará um mês na quarta-feira (22). O Senado Federal aprovou o projeto de lei no dia 30 de junho.

De acordo com o Ministério do Planejamento, o impacto do reajuste nos cofres públicos será de R$ 25,7 bilhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions