A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/03/2011 16:39

Sesau esclarece que usar papelão para imobilização é comum e correto

Aline Queiroz e Marta Ferreira

Paciente reclama do método usado em posto de saúde

José teve fratura no pulso. (Foto: Arquivo pessoal)José teve fratura no pulso. (Foto: Arquivo pessoal)

A assessoria de imprensa da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirma que usar papelão como método de imobilização é correto e comum.

O procedimento é feito em unidades de saúde onde não existe sala específica para engessar um paciente, por exemplo.

Trata-se de uma técnica de primeiros para que o paciente não sinta dor porque o membro fica adequadamente imobilizado.

Já José Rodrigues, 38 anos, que teve o braço imobilizado por papelão e faixas reclama do atendimento que recebeu em unidades médicas de Campo Grande.

Depois de ser atendido no Posto de Saúde da Vila Almeida, onde uma médica colocou papelão no lugar de talas, ele ainda aguarda para fazer os exames que garantirão a cirurgia no braço.

José conta que está no banco do HU (Hospital Universitário), onde aguarda atendimento.

Ele se feriu em acidente de trabalho às 8h30 de hoje, na saída para São Paulo, em Campo Grande.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Acho que o colega antes de procurar a imprensa devia ter se informado melhor à respeito das normas e rotinas de atendimento ao paciente com suspeita de fratura, pois a imobilização com PAPELÃO é indicada em toda literatura que aborda as condutas de atendimento primario ao politraumatizado.
 
william garcia de sousa em 19/03/2011 07:50:03
Você não sabe o porque de tanto alarme mais eu sei! nós pagamos impostos e queremos o minimo de dignidade possível e você acha que uma simples tala numa UBS como aquela que deveria ser modelo é impossível, e enquanto a gente sai com papelão no braço tem gente que sai com dolares na cueca e tudo mais. Você não acha que isso é o suficiente pra nós fazermos alarme?
 
mauricio brandão em 18/03/2011 10:28:49
Procedimento correto, imobilizar para dar estabilidade se houver uma fratura e ofereçer conforto ao paciente, pois se fica imovel o membro diminui a dor, nao sei porque tanto alarde devido o uso do papelao, deveriam fazer alarde e reclamar se nao fosse colocado nada, é dificil entender a população se faz o que é necessário reclama, se atende rapido reclama, se demora reclama, só DEUS mesmo para entender o povo pois o povo nem a ele entendeu sua missão. publiquem por favor!!!
 
Jafar fares em 18/03/2011 09:28:01
Não só o papelão pode ser útil. Uma tala com taquara rachada e esmagada também pode ser usada. Os povos primitivos sempre tiveram conhecimentos desse artefato nos casos que o requer, frauras. Nada impede de que em algum momento isso seja usado.
 
Ezio José em 18/03/2011 08:20:13
É gente isso acontece por que o povo se esquece que pode reclamar para quem ele elegeu e deveria ser seu representante nas câmaras de vereadores e deputados, eu sempre digo isso, que tal parar-mos de apenas reclamar aqui no site Campo Grande News e passar-mos também a procurar os políticos que elegemos nas últimas eleições, o site da câmara municipal por exemplo tem o telefone dos gabinetes e podemos cobrar dos vereadores providências para resolverem o caos na saúde.
Alguém discorda de mim???
 
Oswaldo Junior em 18/03/2011 08:09:12
NORMAL? nada mais me surpreende nessa nossa saude, são profissionais sem preparo adequado, atendentes mau educados e medicos que nem olham direito pra sua ''cara'' e ja dão o diagóstico!!! E oque mais me causa indignação é que essas pessoas que mais precisão são as que votam nesses politicos que tão ai!!!
 
maurcio brandao em 18/03/2011 06:04:04
As pessoas devem reclamar seus direitos, mas não podem exigir o impossível. Quando se tem algum tipo de entorse ou fratura, o certo é ir para um hospital específico. Este procedimento é padrão enquanto o paciente não recebe os cuidados específicos. Não sei o porquê de tanto alarde.
 
Cleyton Dimitri em 18/03/2011 05:03:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions