A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/03/2013 10:28

Sexta-feira Santa é dia de luto na Igreja Católica: sem missas e santos

Nadyenka Castro e Luciana Brazil
Santos estão cobertos nas igrejas. Católicos na Via Sacra. (Foto: Marcos Ermínio)Santos estão cobertos nas igrejas. Católicos na Via Sacra. (Foto: Marcos Ermínio)

A Igreja Católica amanhece em luto às Sextas-feiras Santas. Sempre foi assim: nada de missas, os sacrários ficam vazios e os santos são cobertos com panos da cor roxa. É que neste dia, os fieis lembram a prisão, crucificação, morte na cruz e sepultamento de Jesus Cristo. 

“Se Deus está morto e enterrado, nós todos nos sepultamos com ele”, justifica o pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, padre Márcio dos Reis. Ele explica que a Sexta-feira Santa é o dia em que toda a igreja fica em luto pela morte de Jesus. Por isso é o único dia no ano em que não são celebradas missas. “No Tríduo Pascoal, recordamos e vivemos os últimos dias de Jesus”, lembra o padre.

De acordo com Márcio, na Sexta-Feira Santa deve ser lembrada “a importância de viver o sofrimento”, pois este faz parte da vida e porque Jesus sofreu na cruz. “Vendo Jesus flagelado e crucificado, encontramos o sentido do sofrimento e da vida”.

O padre diz que a orientação para os católicos é para fazer meditação, abstinência de carne vermelha, jejum e oração. Em algumas igrejas é feita a Via Sacra. Às 15 horas acontece a celebração de Jesus Morto e Adoração à Santa Cruz.

Carne vermelha – A catequista Sandra Silva conta que não se deve comer carne vermelha às Sextas-Feiras Santas “em respeito à carne de Jesus que foi o cordeiro imolado na cruz”.

Sandra lembra que no antigo testamento, as pessoas sacrificavam cordeiros para pedir perdão dos pecados. A partir da crucificação de Jesus, foi proibido sacrificar animais, já que Jesus derramou o seu sangue por nossos pecados. “A partir daquele momento, Jesus foi o próprio cordeiro. O sangue de Jesus foi derramado para perdoar os nossos pecados”.

Católicos – A comerciante Nelza Delmonico, 52 anos, é de família católica. Na casa dela não se come carne vermelha e a orientação é para evitar exageros. “É um dia de luto. É como se alguém da família tivesse morrido. Não é um dia de festa”.

Joaquim Pedroza, 66 anos, visita todos os anos nove igrejas às Sextas-Feiras Santas e faz orações. Ele também só come peixe hoje.

Católicos fazem vigília com o Santíssimo Sacramento exposto.Católicos fazem vigília com o Santíssimo Sacramento exposto.


E principalmente devemos exercitar o amaor e o perdão a quem nos fez de alguma maneira mal...
 
sandra lima em 29/03/2013 12:11:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions