ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Só 13,5% das crianças e adolescentes da Capital foram vacinadas contra dengue

Baixa adesão também se estende para MS, onde apenas 17,1% dos jovens entre 10 e 14 anos estão imunizados

Por Mylena Fraiha | 21/03/2024 18:09
Doses da Qdenga, o imunizante contra a dengue que chegou a Campo Grande em 10 de fevereiro (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Doses da Qdenga, o imunizante contra a dengue que chegou a Campo Grande em 10 de fevereiro (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

Apenas 8,2 mil crianças e adolescentes, com idades entre 10 e 14 anos, receberam a vacina contra a dengue até esta quinta-feira (21), conforme divulgado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Essa quantidade corresponde a uma cobertura vacinal de 13,5% da população nessa faixa etária na Capital - número bem abaixo da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, que busca imunizar cerca de 90% deste público-alvo.

É importante destacar que essa população tem acesso gratuito à vacina pelo SUS (Sistema Único de Saúde), disponível em todas as unidades de saúde de Campo Grande.

Anteriormente, a vacinação era direcionada apenas para crianças de 10 e 11 anos. No entanto, uma resolução da SES (Secretaria de Estado de Saúde), publicada em 26 de fevereiro no Diário Oficial do Estado, ampliou a faixa etária até 14 anos. A vacina continua disponível nas unidades de saúde da Capital.

Os números do Painel de Vacinação do Ministério da Saúde mostram uma baixa imunização em geral. Apesar de a vacina QDenga estar disponível em clínicas particulares, apenas 8,3 mil pessoas de Campo Grande foram vacinadas contra a dengue até a última quarta-feira (20), o que corresponde a apenas 0,97% da população da cidade.

Apesar de ter um público-alvo restrito, a vacina QDenga está disponível em diversas clínicas de Campo Grande desde o ano passado, com preços que podem chegar até R$ 600 por dose. Liberada para pessoas com idades entre 4 e 60 anos, o esquema vacinal consiste em duas doses, aplicadas com um intervalo de três meses.

Mato Grosso do Sul - A baixa adesão entre crianças e adolescentes também se estende para o Estado. Do público-alvo entre 10 a 14 anos, 17,1% já foram vacinados, o que totaliza em 34 mil crianças e adolescentes imunizados em todo Mato Grosso do Sul.

Além disso, apenas 2,46% da população de Mato Grosso do Sul recebeu a vacina contra a dengue, segundo dados do Ministério da Saúde. Isso equivale a 68 mil pessoas imunizadas, de uma população total de 2,7 milhões de habitantes.

Para tentar ampliar a cobertura vacinal contra a dengue, a SES (Secretaria Estadual de Saúde) divulgou a ação especial, que se chama "Aluno Imunizado", e quer atingir alunos de zero a 15 anos matriculados na rede pública de ensino, em todos os municípios.

Nesta semana, entre segunda e terça-feira (18 e 19), estudantes das escolas estaduais e municipais de Mato Grosso do Sul se vacinaram dentro das próprias instituições, desde que tivessem autorização dos pais ou outros responsáveis.

Todas as vacinas indicadas no calendário nacional de imunização do Ministério da Saúde foram disponibilizadas, de acordo com a pasta, com exceção da que previne casos graves de dengue.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias