A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

25/10/2014 11:08

Suspeito de atirar contra vítimas no Tijuca rondava o local antes do crime

Luciana Brazil e Michel Faustino
Na frente da residência, marcas de sangue ficaram no chão. (Foto: Marcelo Calazans)Na frente da residência, marcas de sangue ficaram no chão. (Foto: Marcelo Calazans)

O suspeito de ter atirado contra Lauro Afonso de Almeida, 35 anos, e Diego de Lima, 24, na noite de ontem (25), no Bairro Tijuca, em Campo Grande, estava rondando o local antes do crime, como relataram vizinhos hoje pela manhã. Segundo uma mulher que preferiu não se identificar, depois dos disparos, o homem fugiu a pé e não de moto como informava o Boletim de Ocorrência. Ele estava de casaco e gorro.

Os jovens baleados estavam em frente de casa, na companhia de uma menina, quando foram atingidos. Os vizinhos dissem ter ouvido cerca de seis tiros.

“Ele (suspeito) chegou aqui e passou duas vezes na frente da casa onde estavam (as vítimas). Depois ele ficou atrás de um muro, na esquina. A gente desconfiou, mas pensamos que podia ser usuário. Na terceira vez que ele passou, já chegou atirando”, contou a vizinha que não quis se identificar.

Testemunhas e também a menina que estava com as vítimas correram para tentar se proteger. Vizinhos disseram também que o crime pode ter sido um acerto de contas. “Acho que ele estava procurando outro rapaz que tem dívida com droga, mas como não acharam, atiraram neles que são amigos”.

Caso- Lauro e Diego de Lima foram atingidos na noite de ontem. No Boletim de Ocorrência consta que o suspeito pelos disparos estava em uma motocicleta Sundown de cor vermelha, versão desmentida por uma vizinha.

Lauro levou dois tiros, um de raspão na cabeça e outro na perna. Diego também foi atingido por dois disparos, um na perna e outro nas costas. Os dois foram encaminhados para o Hospital Regional Rosa Pedrossian e não correm risco de morte, segundo o registro policial.

As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Não há informações sobre as circunstâncias do crime. O caso foi registrado como homicídio doloso na forma tentada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions