A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/07/2013 21:57

Suspeito de matar jovem por dívida de aparelho de som é preso

Viviane Oliveira

O jovem Kaio Fernando da Silveira Aguilera, de 18 anos, acusado da morte de Éder Gracini Chaves, de 29 anos, e de tentativa de homicídio contra Leonel Jackson Gracini Chaves, de 25 anos, foi preso no começo da madrugada desta terça-feira (30) pela Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais).

A Polícia chegou até Kaio depois de uma denuncia anônima. Ele estava escondido em uma casa na rua Fátima do Sul, no bairro São Jorge da Lagoa, quando foi localizado pelos policiais.

À Polícia, Kaio disse que a confusão começou porque ele foi cobrar Éder de uma dívida no valor de R$ 100. O crime aconteceu no fim da tarde de domingo (29) no bairro Nova Jerusalém, em Campo Grande.

Ele contou que não viu quando os irmãos foram esfaqueados pelo amigo, Moacir Souto, de 33 anos, que está foragido, mas afirmou que atraiu a vítima para a rua, onde aconteceu os crimes.

Kaio disse ainda para a equipe da Cigcoe que fugiu do local na companhia de sua namorada, irmã de Moacir. Em seguida, se escondeu na casa de um conhecido.

O caso - Parentes das vítimas contaram à polícia que há duas semanas Éder comprou um aparelho de som de Kaio. A esposa de Éder afirma que o vendedor começou a enviar mensagens no celular do marido cobrando o pagamento do aparelho. A última mensagem dizia “Éder você mais uma vez não foi homem comigo, quero meu som de volta quando eu pego aí? Éder só paga o que me deve” foi enviada no sábado (28).

Horas depois da mensagem, Kaio foi com o amigo Moacir até a casa de Éder. Chegando lá, o vendedor gritou para que Éder saísse e acertasse a dívida. Éder atendeu a porta e saiu de casa em companhia da esposa.

A mãe de Kaio e a esposa de Éder estavam em frente à casa e começaram a discutir sobre a dívida. A briga acabou em agressão e Leonel, irmão de Éder, tentou separar a briga quando foi atingido por um golpe de faca desferido por Moacir.

Após atingir a barriga de Leonel, Moacir esfaqueou Éder na região do peito. Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu os irmãos, mas Éder chegou morto no posto de saúde do bairro Moreninha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions