A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/12/2012 11:01

Suspeitos de abuso contra adolescentes no Aero Rancho se apresentam

Paula Maciulevicius e Mariana Lopes
Suspeito de envolvimento se apresentou à Polícia nesta quinta-feira. (Foto: Luciano Muta)Suspeito de envolvimento se apresentou à Polícia nesta quinta-feira. (Foto: Luciano Muta)

Os dois jovens envolvidos no abuso sexual contra adolescentes no bairro Aero Rancho, se apresentaram nesta quinta-feira à Polícia. Irmãos, eles já estavam com a prisão preventiva decretado. Os dois, junto de Jeferson Matos da Silva, 22 anos, que está preso desde o dia 10, vão responder por formação de quadrilha, tortura, cárcere privado e estupro.

Márcio Roberto Bario Sales Souza, 24 anos e Emair Bario Sales Lopes, 20 anos, se apresentaram nesta quinta-feira, na 5ª Delegacia de Polícia Civil da Capital, acompanhados da mãe. Eles alegaram que pela pressão da imprensa em cima do caso, eles resolveram se entregar. Segundo o delegado responsável pelo caso, Fernando Nogueira, eles também se apresentaram pensando na argumentação do pedido de liberdade.

Os dois estão prestando depoimento agora pela manhã. Para o delegado, o depoimento deles vai servir para saber a real participação de cada um tanto na violência quanto no estupro a que os adolescentes foram submetidos.

O depoimento deles, conforme a Polícia, não interfere no inquérito, porque o delegado tem em mãos as provas, a imagem dos vídeos e os relatos das vítimas. “Temos elementos o bastante para fechar o inquérito e indiciar”, completou.

Momento em que o adolescente, de azul claro, é abordado pelo grupo para a agressão física. (Foto: reprodução/vídeo)Momento em que o adolescente, de azul claro, é abordado pelo grupo para a agressão física. (Foto: reprodução/vídeo)

A dupla não tinha passagens pela Polícia até então. As investigações levaram três jovens a autoria dos crimes. Um deles foi preso no último dia 10, Jeferson Matos da Silva, 22 anos, que inclusive já está no presídio.

Dois adolescentes foram identificados, eles que teriam filmado e distribuído o vídeo para outros moradores do bairro, mas os garotos ainda estão soltos. O suspeito de filmar é primo de Jeferson.

A vítima, que é adolescente havia sido acusado de roubo e foi espancado e obrigado a fazer sexo oral e masturbar outro menino de 13 anos. O crime foi no dia 15 de novembro e os vídeos, tanto da agressão, como do abuso, foram distribuídos via celular entre os moradores do bairro.

O adolescente de 13 anos que aparece nas imagens também foi qualificado como vítima, já que foi obrigado pelos autores a permitir o abuso.

Caso - O crime ganhou repercussão pela revolta da vizinhança, que com o vídeo em mãos procurou a Polícia.

Segundo o adolescente, ele estava em casa, quando um jovem foi chamá-lo dizendo que um grupo de meninos queria falar com ele. Ao chegar ao local, os garotos o levaram para um quarto e começaram a perguntar onde estavam um anel, corrente e uma capa de chuva que ele era acusado de furtar.

A violência teve inicío no bairro e terminou na estrada da Gameleira, na zona rural de Campo Grande.

O Campo Grande News teve acesso ao vídeo e optou por não divulgá-lo em razão do conteúdo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions