A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/04/2012 09:59

Testemunhas de assassinato de bombeiro serão ouvidas em maio

Nadyenka Castro

Seis pessoas vão prestar depoimento. Previsão é que os dois réus sejam interrogados

Polícia Civil fez reconstituição do crime dia 5 de janeiro. (Foto: Pedro Peralta)Polícia Civil fez reconstituição do crime dia 5 de janeiro. (Foto: Pedro Peralta)

A Justiça marcou para o dia 2 de maio deste ano a audiência para depoimento de testemunhas sobre o assassinato do sargento do Corpo de Bombeiros Marcos Luciano Guilherme dos Santos, de 40 anos, ocorrido na madrugada do dia 25 de dezembro do ano passado, no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande.

A previsão é que sejam ouvidas seis testemunhas - comuns à acusação e à defesa. Os réus devem ser interrogados na mesma data. A audiência foi marcada para começar às 14 horas, na 1ª Vara do Tribunal do Júri.

O crime - Marcos Luciano passava pelo local do crime no Fiat Uno dirigido por Rosevelte de Oliveira quando viu um rapaz sendo alvejado por tiros. O jovem era Willian Cristofer de Oliveira Souza, 20 anos.

O militar tentou impedir o crime e acabou baleado por Valdir Alves da Conceição, de 23 anos. De acordo com a Polícia Civil, João Paulo Neves Dutra ajudou Valdir a carregar as munições na garrucha utilizada no crime.

Marcos Luciano morreu com dois tiros no peito. William -o alvo - de Valdir e de João Paulo - e Roosevelte, foram atingidos no braço e sobreviveram.

Valdir foi preso pela PM (Polícia Militar) quatro dias após o crime. João Paulo se entregou à Polícia Civil no dia 2 de janeiro de 2012 e foi solto no último dia 4 por determinação judicial.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions