ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  13    CAMPO GRANDE 18º

Capital

TJ pede mais informações sobre caso de policial militar que baleou 5

Por Nadyenka Castro | 03/02/2012 17:15

Desembargador quer mais detalhes para só então analisar o pedido de habeas corpus, impetrado pela defesa após juiz de primeiro grau negar liberdade

Sangue das vítimas ficou na casa, nas roupas e calçados que usavam. (Foto: Simão Nogueira)
Sangue das vítimas ficou na casa, nas roupas e calçados que usavam. (Foto: Simão Nogueira)

Para melhor analisar o pedido de habeas corpus feito por Samuel Araújo Lima, o TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) pediu mais informações sobre o caso que tem o policial militar como réu.

Em despacho, o desembargador Romero Osme Dias Lopes, da 2ª Turma Criminal, declarou que é preciso mais informações “... para melhor apreciar o pedido liminar”.

Samuel está preso desde a madrugada do dia 1º de janeiro deste ano quando, após ser agredido e ter tido o carro danificado, invadiu uma residência e feriu cinco pessoas a tiros, uma delas morreu.

Ele teve o pedido de revogação da prisão negado pelo juiz Alexandre Ito e por isso a defesa impetrou habeas corpus.

Samuel foi autuado em flagrante por homicídio e tentativa de homicídio. Márcio Pereira Soares, de 22 anos, que o agrediu, também está preso. A irmã de Samuel, uma policial autuada por disparo de arma de fogo, pagou fiança e está em liberdade.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário