ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 21º

Capital

“Única certeza é que meu filho está morto”, diz mãe de rapaz assassinado

Crime ocorreu na noite de sábado na Chácara das Mansões, região sul de Campo Grande

Por Gabriel Neris e Bruna Marques | 30/11/2020 11:48
Mãe diz que ainda tenta entender motivo do crime (Foto: Marcos Maluf)
Mãe diz que ainda tenta entender motivo do crime (Foto: Marcos Maluf)

“Queria mais saber o que aconteceu do que falar. A única certeza que tenho é que meu filho está morto e foi com quatro tiros. Cada um fala uma coisa, não sei o que aconteceu”.

A fala é da mãe de Gabriel de Souza Silva, de 21 anos, a segunda vítima de uma briga ocorrida no fim de semana na Chácara das Mansões, na região sul de Campo Grande.

Com medo de ser identificada, a mulher disse que “está bem, na medida do possível” e que ainda busca explicações sobre morte do filho. Ela contou que ele morava sozinho, na região da Avenida dos Cafezais, e que sempre era visitada por ele aos fins de semana.

O corpo de Gabriel foi localizado na manhã de domingo na Rua Capão Redondo, cerca de dois quilômetros de onde Maykon Cezarin da Silva, de 23 anos, morreu com tiro no peito na noite sábado. Uma terceira vítima está desaparecida.

O suspeito é um empresário, de 41 anos, que teria sido perseguido pelo trio após briga de trânsito. O Fiat Uno, onde estavam os três, foi encontrado abandonado. A Polícia Civil acredita que o empresário tenha sido perseguido até em casa, também na Chácara das Mansões, onde Maykon foi assassinado.

Casa do empresário onde ocorreu homicídio na Rua Capão Redongo (Foto: Marcos Maluf)
Casa do empresário onde ocorreu homicídio na Rua Capão Redongo (Foto: Marcos Maluf)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário