A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/12/2011 13:10

Universidade ficará responsável pelo Horto Florestal, que está em recuperação

Viviane Oliveira

A Fundac informou que a UCDB vai cuidar da limpeza e manutenção do local

Em torno de 12 funcionários da prefeitura trabalham desde a última segunda-feira (27), no processo de recapeamento dos 700 metros de pista de caminhada. (Fotos: Simão Nogueira)Em torno de 12 funcionários da prefeitura trabalham desde a última segunda-feira (27), no processo de recapeamento dos 700 metros de pista de caminhada. (Fotos: Simão Nogueira)

A ação de recuperação do Horto Florestal, em Campo Grande começou na semana passada com a limpeza e a jardinagem do parque. Em torno de 12 funcionários da prefeitura trabalham desde a última segunda-feira (27), no processo de recapeamento dos 700 metros da pista de caminhada.

Segundo o encarregado de obras da prefeitura, Antônio Teodoro Ferreira, 57 anos, já foi recapeado cerca de 300 metros de pista. Conforme ele, a previsão é que a obra termine no final da tarde da próxima quinta-feira.

Para a professora Joslaine Garcia, 39 anos, estava mais que na hora da pista de caminhada passar por uma reforma. “O lugar estava feio e perigoso, quando chovia além dos buracos a pista ficava muito escorregadia”, afirma Joslaine que frequenta o lugar de terça a sexta-feira e passa pelo menos 1h30 caminhando.

Conforme ela, o horto merece uma atenção especial por ser um dos melhores lugares para caminhar. “Depois que colocaram os parelhos de ginástica ficou melhor ainda. Após a caminhada a gente aproveita para fazer alguns exercícios”.

A professora Albertina Gonçalves, 61 anos, disse que ficou feliz quando viu o parque limpo e a pista reformada. “O horto é o cartão de visita da nossa Capital. Aqui é um lugar gostoso e tem muita sombra.

De acordo com Albertina outra vantagem do Horto Florestal é caminhar ouvindo o som dos pássaros e admirando a natureza, finaliza.

Conforme Albertina caminhar ouvindo o som dos pássaros e admirando a natureza é um privilégio de poucos.Conforme Albertina caminhar ouvindo o som dos pássaros e admirando a natureza é um privilégio de poucos.

Parceiro - Em fevereiro desse ano acabou o convênio com o Sesc para manutenção do parque. O presidente da Fundac (Fundação de Cultura), Roberto Figueiredo, informou que a prefeitura vai assinar na primeira semana de janeiro de 2012 convênio com a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) para fazer limpeza e manutenção do local.

“A UCDB tem parceria com a Fundação de Cultura para a manutenção, inclusive com alguns cursos, por exemplo, de biologia que vai fazer a identificação de todas as plantas no parque, e o curso de medicina veterinária e zootecnia que irão estudar os animais existentes no local”, afirma que a universidade também ficará responsável pela manutenção do orquidário.

História - O Parque Florestal Antônio de Albuquerque foi criado em 1923, no espaço que ocupou, no início do século passado, um frigorífico e curtume de couro.

Está localizado em uma área emblemática da cidade, a confluência entre os córregos Segredo e Prosa, que dá origem ao rio Anhanduí.

Recentemente, foi pivô de polêmica, após a prefeitura cogitar transferir para o local os trailers de lanche da avenida Afonso Pena. A ideia foi abandonada, mas, enquanto ainda vigorou, a pista de bicicross existente no local foi destruída e agora o aspecto é de abandono.

É com esse aspecto mal cuidado que o Horto Florestal entrou em processo de tombamento como patrimônio da cidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions