ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  22    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Vídeos mostram bandidos tentando arrombar caixa eletrônico em farmácia

Por Nadyenka Castro | 14/02/2012 18:00

Em três minutos, eles tentaram danificar sistema de alarme e fugiram sem levar nada

As câmeras de segurança da farmácia onde um caixa eletrônico foi arrombado na madrugada desta terça-feira, no Jardim das Macaúbas, em Campo Grande, flagraram a ação.

As imagens mostram que, num intervalo de três minutos, o trio de bandidos abriu uma das portas de metal, mexeu no sistema de alarme, arrombou o caixa e fugiu.

Conforme as imagens, às 3h08min22s, a situação é tranquila no comércio. Aproximadamente oito segundos depois, os bandidos abrem uma porta e entram na farmácia. Elas deixam a porta aberta e só a fecham na fuga.

Segundo filmado por uma das câmeras, um dos autores- de casaco estilo blaser, óculos de grau e cabelo raspado - tenta danificar o sistema de alarme. Enquanto isso, o segundo comparsa aparece nas imagens, deixa uma barra de ferro e ajuda o primeiro, em seguida, o terceiro é flagrado com uma bolsa a tiracolo.

Um minuto depois, os três vão para o caixa eletrônico - que fica em outro ponto da farmácia - e começam a danifica-lo. Imagens de outra câmera mostram os três arrombando o objeto e dois minutos depois fugindo sem levar nada.

O alarme do caixa disparou e por isso os ladrões fugiram sem levar nada. Nenhum deles foi preso. De acordo com informações colhidas no local, a suspeita é de que o trio utilizaria explosivo.

A polícia acredita que os bandidos não tentaram arrombar o outro caixa eletrônico porque não tiveram tempo. Toda a ação durou aproximadamente três minutos.

Rotina - No último dia 30, bandidos explodiram um caixa eletrônico do Banco do Brasil que fica em um posto de gasolina, no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com a Manoel da Costa Lima, bairro Nova Bandeirantes, em Campo Grande.

Na semana passada, outro caixa eletrônico foi alvo de bandidos em Terenos. Eles tentaram explodir o equipamento que fica dentro do prédio da prefeitura.

Devido a quantidade de ocorrências desse crime em um curto período, em reunião emergencial realizada no último dia 10, entre representantes da Polícia Civil e da Polícia Militar, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacine centralizou as investigações no Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros).

Veja abaixo as imagens na sequência, primeiro da câmera um e depois da 3, em outro ângulo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário