A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

28/09/2010 17:36

Delegado mata preso com tiro na virilha no 6º Distrito

Redação

O delegado Edílson dos Santos Silva, titular do 6º Distrito Policial de Campo Grande, matou o preso Rodrigo Marques dos Santos, 20 anos, nesta tarde, na delegacia, quando o rapaz ameaçou matar a escrivã Lucirlene Maciel Cavalheiro Hada. O fato aconteceu no momento em que o jovem prestava depoimento sobre crime de porte ilegal de arma.

Conforme informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, Rodrigo é acusado de tráfico de drogas. Seus comparsas foram presos ontem e hoje o rapaz foi localizado.

Ao prestar depoimento à escrivã, Rodrigo se apoderou da arma que havia sido apreendida e estava em cima da mesa e a apontou em direção a Lucirlene, dizendo "perdeu, perdeu". Para se defender, de acordo com a Polícia Civil, a policial reagiu com um chute que atingiu o preso na região da virilha, momento em que os dois começaram a lutar.

Lucirlene gritou por socorro, ocasião em que o delegado Edílson entrou na sala e se deparou com a arma apontada em sua direção. Rodrigo acionou o gatilho duas vezes, fazendo com que o delegado também entrasse em luta corporal com o preso, na tentativa de desarmá-lo. Foi quando o delegado atirou contra a virilha do preso.

Ao ser contido, Rodrigo foi levado para atendimento médico no Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros, porém, não resistiu e morreu.

Ainda segundo a Polícia Civil, o delegado Wellington de Oliveira, titular do 4º Distrito Policial, foi designado para presidir o inquérito policial que vai apurar as circunstâncias da resistência à prisão por parte de Rodrigo, que culminou em sua morte.

Há a informação de que a arma usada por Rodrigo na tentativa de atirar contra a escrivã e o delegado estava sem munições.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions