A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/05/2011 09:51

Depois de juízes, bolsa-aluguel a promotor e procurador vira escândalo nacional

Angela Kempfer

Após o auxilio moradia dos juízes de Mato Grosso do Sul ganhar o noticiário como mordomia estadual, agora os salários de promotores e procuradores sul-mato-grossenses viram manchete.

O jornal o Estado de São Paulo publicou reportagem sobre os vencimentos que superam a remuneração de ministros no Brasil, graças a bolsa-aluguel, paga até a promotores que já estão aposentados.

Investigação do Conselho Nacional do Ministério Público identificou que promotores incorporam como remuneração o auxílio-moradia, de R$ 2 mil a R$ 4,8 mil, e, em muitos casos, ultrapassam o teto constitucional de R$ 26,7 mil.

Em Mato Grosso do Sul, os 191 promotores e procuradores recebem salários de R$ 18 mil a R$ 24 mil. Todos ganham mais 20%, entre R$ 3,6 mil a R$ 4,8 mil, como auxílio-moradia, o que pode alcançar quase R$ 30 mil.

A análise é de que os servidores que deveriam fiscalizar o cumprimento das leis estão se valendo de legislação que eles mesmos criaram - e só eles podem mudar - para engordar os próprios salários.

Levantamento feito pelo jornal mostra que ao menos 950 promotores e procuradores do País recebem mensalmente uma espécie de "bolsa-aluguel".

O benefício é pago hoje, além de Mato Grosso do Sul, no Amapá, Mato Grosso, Rondônia e Santa Catarina. No total, são gastos, no mínimo, R$ 40 milhões por ano com essa despesa dos promotores, cujos salários vão de R$ 15 mil a R$ 24 mil.

Ainda segundo o Estadão, a justificativa é que leis estaduais permitem esse tipo de auxílio.



EU RECEBO MEU SALÁRIO COM LEI APROVADA PELO CONGRESSO NACIONAL, PASSEI EM CONCURSO PÚBLICO, PORÉM, O QUE É ESTE AUXILIO MORADIA? EXPLICO: NENHUMA LEI O CRIOU E POR ISTO É ILEGAL, ONCONSTITUCIONAL E, ACIMA DE TUDO É IMORAL. ESTES MESMOS JULGARAM AS NOMEAÇÕES ILEGAIS EM 1987 POR OCASIÃO DA CRIAÇÃO DA ESTRUTURA DO TRF4, LEMBRAM? APROVEITADO ... APROVEITADO ... APROVEITADO ... 600 VEZES. QUEM JULGOU ESTA ILEGALIDADE? ELES. RECLAMAR PARA QUEM O MEU PREJUÍZO!
 
Eduardo Lino da Silva em 05/06/2011 08:10:59
É preciso que o CNMP e o CNJ apure estas possiveis irregularidades, não podemos nos esquecer que trata-se de dinheiro público, e se de fato é ilegal, deve cessar a continuidade do pagamento, a quem deveria fiscalizar nossas lei, diretriz esta dos Orgaos do Ministerio P'ublico, estaremos de olho, sob pena de uma ACP e Inconstitucionalidade latente da lei que permite este tramento diferenciado.
 
Roberto de Ameida Cerdario em 09/05/2011 12:49:08
É, nem tudo que é legal é moral... belo exemplo de quem tem o dever de fiscalizar o cumprimento da Lei. Também, como viver com um sálário pífio de R$ 15.000,00 (iniciais)? É preciso de um auxílio moradia, senão é capaz de irem morar debaixo da ponte, e pior, aposentado também tem direito... Acorda povo brasileiro.
 
Helio C. Junior em 09/05/2011 10:23:36
olha esta noticia mostra que quem deveria ajudar a controlar o dinheiro do povo não esta nem ai. infelizmente e isso ai, cada um cuida do seu, e vamos que vamos.são vereadores vendendo casas, que deveria ser distribuídas para que não tem.estes são nossos políticos isso não acontece aqui no ms e anivel de brasil que não vil ontem no fantástico a respeito da merenda escolar.
 
carlos pinzan em 09/05/2011 10:01:57
e pra sustentar tudo isso, a gasolina a R$ 3,50 e icms, iof, confins e etc e etc.... e pau no lombo do povo!
 
marcelo martins em 09/05/2011 10:01:05
Puts...agora a vaca foi para o brejo mesmo. Os únicos que nós (a população) achavamos que podíamos confiar.... Os justos são os fortes e corajosos que conseguem dizer "NÃO" as tentações....que pena.
 
cristiana rosa em 09/05/2011 09:48:35
TA MAIS DO QUE CERTO! ELES FIZERAM POR MERECER!!!!
VOCÊ TAMBÉM PODE! ESTUDE E PASSE NUM CONCURSO DO MP E SEJA FELIZ!
BOA SORTE!!!
 
Eduardo Saraíba em 09/05/2011 09:08:17
VAI TRABALHAR , PRODUZIR E PAGAR IMPSOTOS E GANHAR 30MIL REAIS LIMPINHO??
ESTE É MAIS UM ABSURDO NESTE PAÍS QUE PAGA 530 REAIS DE SALARIO MINIMO E CONVIVEMOS COM ESTAS MORDOMIAS
SABEM NO QUE ISTO VAI DAR??? EM NADA AFIINAL ESTAMOS FALANDO DO MP, E QUEM É QUE VAI RETRUCAR OU MOVER AÇÃO DE IMPROBRIDADE ADMINISTRATIVA
 
PÁULO ANTONIO em 09/05/2011 08:56:08
Esse pais está virando uma porcaria ou melhor continua mais porcaria porque só existe politico corrupto como a imprensa divulga e agora esses defensores da legalidade que são os procuradores e promotores fazendo esta safadeza em prol de si mesmos.
Legislando em causa propria. É um absurdo. O povo chupando do dedo.
 
wanduildo silvestre alves em 09/05/2011 08:37:45
Absurdo,estes fiscais de sangue azul com nome de promotor,promovem inveja e injustica com salarios de maraja.enquanto o povo nao ir pra rua contra esses abusos nos vamos ficar vendo o time do previlegio imperar. E querem acabar com festas. Farra so a deles que pode.
 
Joao ramirez em 09/05/2011 06:22:37
e pensar que são eles os "promotores" que fizeram um concurso púbico para defender a sociedade, vamos se eles mesmo vão acabar com essa farra do dinheiro do povo....
 
jose feliciano em 09/05/2011 06:08:02
É a igualdade social, e a justiça que eles mesmo dizem fazer parte, é muito justo eles terem esse auxilio enquanto ha pessoas que nao tem o que comer... tirando seus altos salarios que pelo visto é insuficiente para manterem suas necessidades futeis!
 
Dennis Pereira Junior em 08/05/2011 12:51:45
Sera q eu tenho direito?. Pois sou casado tenho dois filhos e pago aluguel.
 
nilo maciel em 08/05/2011 12:09:07
Isto acontece,porque os servidores pequenos trabalham pra eles ganharem.Se os policiais civis e militares pararem de vez,,,eles ficarão.sem ter o que fazer,,,ai,,a sociedade,vai ver,,o quanto eles não são tão necessários. Juízes,Promotores e Procuradores,,,trabalham por causa destes funcionários públicos,,que ganham miséria,em relação a ELES.
 
Marco Antonio Alvissi em 08/05/2011 11:46:40
Mais uma vez reafirmo a minha convicção no sentido de que o crime organizado escalou os Poderes da República!

Que verganha de ser brasileiro!
 
Anton Van em 08/05/2011 11:40:48
Esse é o Brasil, quem tem a chance na mão aproveita mesmo...Brasil...meu Brasil Brasileiro...
 
Tony Ferraz em 08/05/2011 11:34:50
Pois é com um salario destes!!! Uma coisa é certa o tal do dinheiro faz paladinos da justiça se transformarem em funcionarios públicos comum e tranbiqueiros para ganhar mais...
 
Carlos Lima em 08/05/2011 11:34:12
Parabéns ao jornal "O Estado de São Paulo".É uma vergonha... e uma vergonha maior ainda é ainda "nós" não fazermos nada.Confiar na justiça... ??????????? Como confiar se é de lá que "alguns" fazem espertezas para aumentar salários.Tenho certeza que temos bons integrantes na Justiça... vamos confiar... senão estamos perdidos.
 
Nivaldo Silva em 08/05/2011 11:09:12
Deviam se envergonhar! Só faltam dizer como já o fez um deputado estadual, que é impossível viver com "apenas" 11 mil reais por mês (que dirá 18 mil). Atitudes bizarras como essa vindas de tão egrégios servidores estaduais causam ânsia de vômito!
 
Fernando Andrighetti em 08/05/2011 11:07:29
Sou funcionária pública e queria saber pq, recebendo um salário muitíssimo inferior ao desses "servidores", não recebo nenhum tipo de auxílio além do meu salário? Só neste país mesmo: quanto mais alto seu salário mais abonos vc tem que receber para poder viver. E ainda vem os hipócritas falar que salário mínimo tem que suprir as necessidades de moradia, educação, alimentação, saúde e lazer do coitado do trabalhador.....e os aposentados do INSS então?!?!? Esses, sim, tinham que receber todo tipo de auxíliio do governo pois, normalmente, o que recebem mal dá para pagar os remédios....Esse país é mesmo uma vegonha!!!!!
 
Gladis Caramalac em 08/05/2011 10:48:11
E são essas as pessoas probas que irão proteger a sociedade?
Serão eles que irão investigar o desvio do dinheiro da assembleia que iria para ...eles mesmos?
Piada de muito mau gosto.
Me engana que eu gosto.
 
antonio carlos oliveira em 08/05/2011 10:30:26
Esse nosso país é verdadeiramente um lugar de corruptos. Todos os escalões, não escapa ninguém, quanto mais alto, maior é o golpe, e o pior, está tudo dentro da "lei", que eles mesmos fazem. "Brincadeira". É nós, servidores da segurança pública, ficamos mendigando "15% de aumento"? Não, é muito pelo que nós fazemos, "5%" tá bom demais. Nós prendemos, e esses senhores, representantes da nossa justiça, soltam...alguem fala alguma coisa, nada, não tem como...isso tem que mudar, alguém faça alguma coisa nesse país corrupto, copiem a honra do Japão e quantidade de partidos políticos dos EUA. Será? Difícil. Só DEUS na causa.
 
glaucio hamilton em 08/05/2011 10:16:32
Vejam só, esses são os baluartes da legalidade, que pena que não o são da moralidade também. Os senadores e deputados se concederam aquele aumento astronômico de aproximadamente 60% no apagar das luzes de 2010, extensível ao executivo e em efeito casacata, às demais esferas, agora os deuses do MP... E o salário mínimo, sempre mínimo, os salários dos professores, policiais e médicos da saúde pública, ai, ai... Sem comentários, até quando? País do futebol, do carnaval e das novelas da GLOBO? Até quando fãs do Luan Santana, Restart, Fiuk, Calypso, Rebolation e outros monstros sagrados, formadores de opinião e crescimento intelectual? Até quando eleitores do Tiririca, e de outros que aqui também se criam? Até quando meu povo?
 
Claudio Arantes - CG/Amambai em 08/05/2011 05:48:07
Que vergonha!!! Eu como professor universitário aposentado que sou, titular de cadeira com mestrado, ganho depois de 37 anos de trabalho R$ 6.100,00 bruto. Agora o Estado pagando até R$ 4.800,00 de bolsa aluguel. Esse país é uma vergonha quando os homens da justiça legislam em causa em causa própria e recebe essas benesses do governo. Eles exigem morar em mansões para ter esses benefícios??? Que casas são essas??? A indexação dessa bolsa ao salário é no mínimo vergonhosa. Eu teria VERGONHA de aceitar essa ajuda. Se transferido fosse, preferiria pagar o aluguel por ser no mínimo o que se espera de uma pessoa DECENTE.
 
juca sampaio em 08/05/2011 05:37:58
eu só acho que nos pobre deste brasil somos todos idiota, nos não temos direito a nada, olha ai gente ,pobre não tem moradia mais quem ganha muito bem tem até auxilio moradia este é nosso brasil, não vai mudar nunca quem tem mais sempre quer mais, olha ai população
 
everaldo joaquim em 08/05/2011 05:20:10
Senhores promotores de MS, parabéns pelo maravilhoso exemplo de .V.Sªs. deixado para a sociedade Sul-Matogrossense, deviam fiscalizar a aplicação das leis , no campo do direito, e são os primeiros a transgredí-las. Continuem assim...
Tenho dito.
 
João Alves de Souza em 08/05/2011 05:15:36
O que é pior de tudo isso é na hora dos nobres deputados votarem aumento do salário mínimo vão ai meses de estudos, cortes e discussões, ai vemos por causa dessas regalias de juízes, promotores e similares do auto escalão do governo, nossa saúde adoeceu a muitos anos, nossa segurança está insegura os impostos e a desigualdade social só aumentam e ainda tem juíz pedindo aumento de salário e segurança, esse povo só pode ta de sacanagem com a população, não é atua que o Brasil tem as maiores taxas de impostos do mundo
 
Oswaldo Benites em 08/05/2011 03:41:56
Julgamento sobre auxílio-moradia a magistrados é adiado
Um novo pedido de vistas, do ministro José Antonio Dias Toffoli, suspendeu a votação no STF ((Supremo Tribunal Federal) do mandado de segurança em qu...
Volta à pauta do STF ação sobre auxílio-moradia a juízes
A pauta de votação dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) na primeira sessão após o recesso forense de meio de ano, na próxima segunda-feira...
TJ reserva R$ 5,7 milhões para auxílio-moradia de juízes
O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul reservou R$ 5,7 milhões para o pagamento de auxílio-moradia aos juízes neste ano. A informação do empenho...
Amamsul afirma que luta por auxílio moradia "é legal"
O presidente da Amamsul (Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul), desembargador Dorival Moreira dos Santos, divulgou nota para defender o p...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions