A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/07/2015 18:06

Deputado propõe ensino de capoeira nas escolas do Estado

Lidiane Kober
Para João Grande, é preciso enriquecer a educação básica com os conteúdos populares (Foto: Divulgação/assessoria/ALMS)Para João Grande, é preciso enriquecer a educação básica com os conteúdos populares (Foto: Divulgação/assessoria/ALMS)

O deputado estadual João Grandão (PT) apresentou, nesta quinta-feira (16), proposta para as escolas da rede estadual de Mato Grosso do Sul dar aulas de capoeira. O objetivo principal é a valorização e o fortalecimento da atividade em Mato Grosso do Sul.

O projeto reconhece o caráter educacional e formativo da capoeira, de modo que as unidades educacionais da educação básica (públicas e privadas) poderão celebrar parcerias com associações ou outras entidades que representem mestres e demais profissionais.

“É preciso enriquecer a educação básica com os conteúdos populares. O profissional de capoeira será acompanhado pela Coordenação Pedagógica da escola, que se responsabilizará pela adequação da disciplina nos conteúdos curriculares”, disse o deputado.

Ainda de acordo com a proposta, para ministrar as aulas não será exigida filiação a conselhos profissionais, federações ou confederações esportivas. “Será necessário apenas o vínculo com a entidade a qual seja celebrada a parceria e o Poder Executivo Estadual tem 90 dias contados da publicação da lei para regulamentar as disposições da mesma”, acrescentou João Grandão.

Histórico de luta – As atividades de capoeira no Brasil têm longa história de resistência. A origem vem do período da escravidão, quando houve o acirramento da luta dos escravos pela liberdade. A capoeiragem chegou a ser proibida pelo Código Penal de 1890 e sistematicamente criminalizada.

A atividade, no entanto, foi superando as proibições, as perseguições e as repressões institucionais até que, em 2008, o Ministério da Cultura, por meio da iniciativa do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), foi registrada como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions