A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

06/06/2017 16:38

Designado para missão na ONU, chefe do CMO passa comando dia 9

O general de brigada José Carlos Braga de Avellar assumirá o posto

Lucas Junot
O CMO foi criado em 1821, no então Estado de Mato Grosso (Foto: Arquivo)O CMO foi criado em 1821, no então Estado de Mato Grosso (Foto: Arquivo)

O CMO (Comando Militar do Oeste) terá um novo comandante a partir da próxima sexta-feira (9). O general de Exército Gerson Menandro Garcia de Freitas passará o comando para o general de brigada José Carlos Braga de Avellar.

Após nove meses à frente do comando do CMO, o general Menandro irá para Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde exercerá a função de conselheiro militar da missão permanente do Brasil junto à ONU (Organização das Nações Unidas), no período de 13 de agosto de 2017 a 13 de agosto de 2019.

Avellar ingressou no Exército em 1980, na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende – RJ e foi promovido ao posto atual em março de 2014(Foto: MidiaNewsMT/Reprodução)Avellar ingressou no Exército em 1980, na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende – RJ e foi promovido ao posto atual em março de 2014(Foto: MidiaNewsMT/Reprodução)

Já o general Avellar, que atualmente ocupa a chefia do Estado-Maior do Comando Militar do Oeste, é oriundo da arma de Cavalaria. Ele ingressou no Exército em 1980, na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende – RJ e foi promovido ao posto atual em março de 2014.

A formatura militar será realizada no Campo de Parada General Plínio Pitaluga, no complexo do CMO, com início previsto para às 16 h.

CMO - Com a criação do Governo das Armas em 1821, no então Estado de Mato Grosso, surgiu o Comando Militar do Oeste, com outras denominações: Inspeção Permanente da 13ª Região; Circunscrição Militar; 9ª Região Militar e 9ª Divisão de Exército.

Somente em 1985 foi denominado Comando Militar do Oeste. O CMO abrange os Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e o município de Aragarças, Estado de Goiás. É responsável pela área territorial de cerca de 1.250.000 km², fazendo fronteira com a Bolívia e o Paraguai.

O CMO dispõe de organizações militares blindadas, mecanizadas e motorizadas, que vão desde a engenharia à aviação, além das tropas pantaneiras.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions