A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/01/2008 20:02

Detenta acusa agentes penitenciários de agressão em MS

Redação

A detenta Ivandra Batezini, de 28 anos, registrou um Boletim de Ocorrência na polícia acusando de agressão três agentes penitenciários do Presídio Feminino Irmã Irmã Zorze, de Campo Grande. Os agentes foram identificados apenas como Evandro, Dacena e Tiago.

Batezini fez a denúncia após ser transferida daquele presídio para o de Três Lagoas. Ela disse que estava em uma cela disciplinar, conhecida também como cela forte, por volta das 9 horas da manhã desta quarta-feira, quando os três agentes pediram para ela ou sair da cela, ou permitir que as outras internas saíssem dali para que ela ficasse sozinha. Ainda conforme o relato da detenta, as internas não obedeceram às ordens dos agentes e foram agredidas por golpes de cacetetes.

Em seguida, quando as outras presas foram retiradas à força da cela, ela também teria sido agredida a golpes de cacetetes, além de socos e pontapés, o que teria sido responsável por várias lesões que ela apresenta no corpo.

Por serem funcionários públicos, os agentes penitenciários podem responder por crime de tortura qualificado. Ivandra disse que "sempre foi perseguida" pelos agentes penitenciários. As outras detentas que teriam sido vítimas de agressão pelos agentes penitenciários são Elizabete Duarte, Maria das Graças e Leidiane Aparecida.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions